Busca avançada
Ano de início
Entree

Como a infecção por Trypanosoma vivax afeta a reprodução de caprinos machos?

Processo: 19/22695-7
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2020 - 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Lindsay Unno Gimenes
Beneficiário:Lindsay Unno Gimenes
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Claudia Cristina Paro de Paz ; Guilherme de Paula Nogueira ; Marcos Rogério André ; Rosangela Zacarias Machado ; Rosemeri de Oliveira Vasconcelos
Assunto(s):Caprinos  Protozoa  Sêmen  Testosterona  Trypanosoma vivax  Tripanossomíase  Ultrassonografia  Imuno-histoquímica 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:imunohistoquimica | Lamp | sêmen | Testosterona | tripanossomíase | Ultrassonografia | Doenças reprodutivas causadas por protozoários

Resumo

As infecções associadas ao Trypanosoma vivax acarretam perdas econômicas na produção animal e podem levar à infertilidade em casos crônicos. Não foram encontrados na literatura estudos na espécie caprina que avaliem em conjunto as alterações macro e microscópicas, bem como a detecção do parasita nos tecidos e no ejaculado, além de alterações hormonais associadas à infecção. Portanto, no presente trabalho, os objetivos são avaliar no sistema genital masculino de caprinos jovens infectados experimentalmente: 1) as alterações na qualidade seminal (Exp. 1); 2) a presença de DNA de T. vivax no sêmen (Exp. 2); 3) as lesões microscópicas produzidas por T. vivax (Exp. 3); 4) a imunolocalização do T. vivax (Exp. 4); 5) se há alterações detectáveis por ultrassonografia (Exp. 5); 6) as concentrações de testosterona circulante (Exp. 6); 7) a associação entre a parasitemia com a severidade das lesões teciduais, a qualidade seminal e a presença de DNA de T. vivax no ejaculado. É importante ressaltar que a etapa experimental já foi realizada e o material está disponível para as análises. Para tanto, 15 caprinos jovens (entre 6-9 meses), da raça Saanen, foram inoculados por via intravenosa com um mL de sangue contendo 1x104 tripomastigotas metacíclicas (cepa Miranda; G-INF), sendo este dia considerado o D0. Cinco animais foram mantidos como controle negativo (G-CON). Avaliações seminais, ultrassonográficas e colheitas de sangue para dosagem de testosterona foram realizadas periodicamente nos Exp. 1, 2, 5 e 6 e, nos Exp. 3 e 4, a colheita de material para histologia e imunohistoquímica foi realizada no D47. Espera-se contribuir para o conhecimento quanto ao acometimento de órgãos reprodutivos associados à infecção por T. vivax em caprinos jovens e sobre a eliminação do agente pela via seminal. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)