Busca avançada
Ano de início
Entree

Hspg2 é um gene modificador da Síndrome de Marfan?

Processo: 20/06882-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de julho de 2020 - 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Lygia da Veiga Pereira
Beneficiário:Lygia da Veiga Pereira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Genes modificadores  Modelos animais  Fibrilina-1  Síndrome de Marfan 

Resumo

A síndrome de Marfan (MFS) é uma doença do tecido conjuntivo causada por variantes no gene FBN1. No entanto, outros genes influenciam as manifestações da doença, caracterizadas por alta variabilidade clínica mesmo dentro das famílias. Mapeamos loci modificadores para manifestações cardiovasculares e esqueléticas no modelo de camundongo mgloxPneo para MFS e loci sintéticos no genoma humano. Corroborando nossos achados, um desses loci foi identificado também como locus modificador em pacientes com SMF. Aqui, investigamos o gene HSPG2, localizado nessa região, como um gene modificador candidato para a MFS. Mostramos uma correlação entre a expressão de Fbn1 e Hspg2 na coluna vertebral e na aorta em camundongos mgloxPneo não isogênicos. Além disso, mostramos que camundongos com fenótipos graves apresentam menor expressão de Hspg2 do que aqueles levemente afetados. Assim, propomos que o HSPG2 é um forte gene modificador candidato para a SMF e seu papel na modulação da gravidade da doença deve ser investigado em pacientes. (AU)