Busca avançada
Ano de início
Entree

CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS POR MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA (Referente ao Plano Anual de Aplicação da RTI 2019 do IMT)

Resumo

Com a crescente demanda por novos materiais com melhores desempenhos o conhecimento dos pilares que compõem a ciência dos materiais se torna requisito essencial para a formação de profissionais de alto nível. Esses conhecimentos sobre materiais dependem da estrutura, das propriedades e das técnicas de processamento dos materiais, que por sua vez, são determinados por análises químicas, ensaios mecânicos e caracterização por microscopia eletrônica de varredura. Com o objetivo de analisar os materiais e identificar mecanismos de fratura propõe-se a aquisição e instalação de microscópio eletrônico de varredura com espectroscopia de energia dispersiva. A análise e a caracterização dos materiais por microscopia eletrônica de varredura podem abranger diversos materiais, tais como: metais, polímeros, materiais biológicos (dentes, ossos, insetos, plantas), micro e nanomateriais, compósitos e nanocompósitos, sensores eletrônicos, identificação de falhas de materiais, novos materiais, cosméticos, estruturas para engenharia civil, reciclagem de materiais e caracterização de resíduo de minérios. Além disso pode-se identificar e quantificar pontualmente a composição dos materiais, de forma qualitativa, pelo espectrômetro de energia dispersiva, sendo uma das principais ferramentas para se definir as técnicas quantitativa e suas respectivas curvas de calibração. A aquisição e instalação de um microscópio eletrônico de varredura auxilia nas pesquisas sobre estes materiais e os fenômenos que os envolvem, podendo colaborar com o nível de publicação da Instituição. (AU)