Busca avançada
Ano de início
Entree

Discos de decréscimo e outflows em torno de estrelas em rápida rotação

Resumo

Este projeto objetiva o fortalecimento dos laços colaborativos entre o grupo do prof. Alex Carciofi (USP) e o do prof. Michel Curé (Universidad de Valparaíso, Chile). Ambos os grupos compartilham muitos interesses científicos e, o mais importante, possuem competências complementares. Os candidatos já colaboraram no passado, e com o presente projeto esta colaboração vai crescer tanto em escopo quanto em profundidade, incluindo o intercâmbio de estudantes de graduação. O principal foco deste trabalho é na modelagem de discos gasosos em torno de alguns tipos de estrelas massivas. Dois tipos de objetos serão estudados. Por um lado, os modelos hidrodinâmicos do prof. Curé para outflows radiativos serão empregados para estudar discos em torno de estrelas B[e]. Estas estrelas raras e pouco conhecidas são uma das fases evolutivas de estrelas massivas, mas seu contexto evolucionário ainda é desconhecido. Ainda mais misterioso é como estas estrelas formam seus densos envoltórios circunstelares. A experiência com transporte radiativo do prof. Carciofi vai permitir que previsões téoricas do modelo do prof. Curé sejam obtidas. A comparação entre as previsões e observações vão impor novos vínculos aos modelos, e fornecer a base sobre a qual eles poderão ser melhorados. O outro tipo de objeto a ser estudado são as estrelas Be clássicas, que são estrelas da sequência principal também com discos circunstelares. Porém, ao contrário de estrelas B[e], é um fato bem estabelecido que os discos de estrelas Be são governados pela viscosidade. Entretanto, resultados recentes apontam para o fato que forças radiativas atuam, atém da viscosidade, para acelerar material do disco, um processo conhecido como ablação. Propomos combinar a experiência de ambos os candidatos para construir um modelo de disco em torno de estrelas Be clássicas que incluam tanto os efeitos da viscosidade quanto da ablação. Os resultados deste projeto serão de grande importância para outros pesquisadores da área, e ajudarão a estabelecer os grupos de São Paulo e Valparaíso, além de seus componentes, como referências mundiais no estudo de discos circunstelares em torno de estrelas quentes. (AU)