Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do home-based exercise na aldosterona, massa ventricular e rigidez arterial em hemodiálise

Resumo

A doença renal crônica (DRC) é um grave problema de saúde pública. Pacientes com DRC apresentam alto risco cardiovascular e a elevada concentração de Aldosterona (Aldo) contribui para esse risco. O exercício físico em outras condições patológicas diminuiu a Aldo, assim, poderia também diminuir a Aldo na DRC. A hipertrofia ventricular esquerda (HVE) imprime prognóstico ruim a esses pacientes e sua diminuição é benéfica. Trabalhos prévios de nosso grupo verificaram efeito do exercício físico na redução na massa ventricular esquerda (MVE) na DRC. Visto que o exercício na hemodiálise (HD) poderia diminuir a Aldo, que é associada ao crescimento cardíaco, a redução da MVE induzida por exercício poderia ser mediada pela diminuição da Aldo. Raciocínio análogo, ao exposto com relação à HVE, pode ser aplicado à rigidez arterial (RA). Desse modo, os efeitos benéficos do exercício físico poderiam ser mediados pela diminuição da Aldo na DRC. Objetivo: Verificar os efeitos exercício físico na Aldo, MVE e RA em pacientes com DRC em HD. Materiais e métodos: ensaio clínico paralelo controlado, randomizado, aberto e com observador cego. Participarão portadores de DRC em HD com idade superior a 17 anos e Aldo plasmática acima de 15 ng/dL. Os voluntários serão randomizados em dois grupos: intervenção e controle. A intervenção terá duração de 12 semanas, após esse período o grupo controle será submetido a intervenção e vice-versa. Serão avaliados valores de Aldo, pressão arterial central e periférica, RA e MVE. Será aplicado a ANOVA Two- Way para dados repetidos e análise de regressão linear simples para verificar a associação entre as variações da Aldo e MVE. O nível de significância será de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)