Busca avançada
Ano de início
Entree

Ambiente de prática da enfermagem, clima de segurança, satisfação no trabalho e resultados assistenciais na atenção primária: uma abordagem de métodos mistos

Processo: 19/19370-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2020 - 31 de maio de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Pesquisador responsável:Edinêis de Brito Guirardello
Beneficiário:Edinêis de Brito Guirardello
Instituição-sede: Faculdade de Enfermagem. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados: Mariana Véo Nery de Jesus
Assunto(s):Ambiente de instituições de saúde  Atenção primária à saúde  Cultura organizacional  Satisfação no trabalho  Segurança do paciente 

Resumo

Este projeto objetiva avaliar o ambiente de prática profissional da enfermagem e sua relação com o clima de segurança, satisfação no trabalho, intenção em permanecer no emprego, qualidade do cuidado e eventos relacionados à assistência à saúde na atenção primária. Estudo de método misto sequencial explanatório com enfermeiros que atuam na atenção primária na cidade de Campinas, São Paulo. A primeira fase, a quantitativa, do tipo transversal e descritivo correlacional, será considerado no mínimo 176 participantes. Para a coleta de dados serão consideradas a ficha de caracterização e os instrumentos Practice Envorinment Scale, Primary Care Questionnaire e a subscala Satisfação no Trabalho do Safety Attitudes Questionnnaire - Short Form 2006. Será realizada análise descritiva, correlacional entre as variáveis do estudo. A fase qualitativa será por meio de entrevistas, nos quais os participantes serão agrupados de acordo com a classificação do tipo de ambiente (favorável, misto e desfavorável), cuja amostra será pelo critério de saturação das informações emergentes e a análise dos dados será com análise quanto ao conteúdo temático. As duas fases serão conectadas no estágio intermediário e os resultados serão integrados por complementariedade, o que favorecerá uma interpretação final mais completa e abrangente. Considerando a escassez de estudos que avaliam o ambiente de prática da enfermagem na atenção primária, os resultados desta pesquisa, além de avaliar o ambiente de prática, possibilitará aos gestores implementar estratégias para estabelecer ambientes de trabalho saudável e como consequência favorecer a satisfação profissional do enfermeiro e a qualidade da assistência aos pacientes. (AU)