Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção da luminescência em sinterização sem pressão assistida por campo elétrico em cerâmicas de zircônia estabilizadas com itria

Processo: 20/05250-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2020 - 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Reginaldo Muccillo
Beneficiário:Reginaldo Muccillo
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Sabrina Gonçalves de Macedo Carvalho ; Shirley Leite dos Reis
Assunto(s):Materiais cerâmicos  Zircônia  Luminescência 

Resumo

É proposta uma montagem experimental para a detecção da luminescência que ocorre simultaneamente à passagem de corrente elétrica em eletrólitos sólidos cerâmicos durante os experimentos de sinterização assistida por campo elétrico sem aplicação de pressão (sinterização flash). A sinterização flash consiste em promover um ou mais pulsos de corrente elétrica ao aplicar um campo elétrico DC ou AC em um compacto cerâmico sob aquecimento - processo dinâmico, ou a uma temperatura fixa, processo isotérmico, geralmente a temperaturas menores que as utilizadas na sinterização convencional. Durante o pulso de corrente ocorre emissão luminescente. A análise dessa emissão pode fornecer subsídios para propor mecanismos responsáveis pela sinterização sob campo elétrico. Os materiais cerâmicos que serão estudados são cerâmicas policristalinas de zircônia estabilizada com ítria. A sinterização flash será feita em dilatômetro com porta-amostra modificado para aplicação de campo elétrico e inserção de fibra óptica. As técnicas de análise serão espectrofotometria de absorção óptica nas regiões do ultravioleta até o infravermelho (avaliação do espectro luminescente), difração de raios X (fases estruturais), microscopia eletrônica de varredura (forma, dimensão média e distribuição de tamanho de grãos), e espectroscopia de impedância eletroquímica (comportamento elétrico). O objetivo principal é analisar o espectro de emissão luminescente em eletrocerâmicas durante o pulso de corrente elétrica na sinterização flash. (AU)