Busca avançada
Ano de início
Entree

Modos de morar nas metrópoles: domesticidade, preservação e memória nos apartamentos duplex modernos

Processo: 19/19129-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de setembro de 2020 - 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Silvana Barbosa Rubino
Beneficiário:Silvana Barbosa Rubino
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):História da arquitetura  Arquitetura moderna  Patrimônio cultural  Habitação  Artigo científico  Periódicos científicos  Publicações de divulgação científica 

Resumo

Este livro investiga os modelos de apartamento duplex propostos e construídos pela arquitetura vinculada ao movimento moderna e sua interpretação e apropriação no Brasil, problematizando os modelos da morar promovidos pela iniciativa privada ou pelo Estado e analisando sua preservação e usos recentes. Foram estudados de maneira específica as formas de morar nos apartamentos duplex em edifícios multifuncionais construídos a partir da década de 1930 em São Paulo, norteados pelos modelos da arquitetura moderna de racionalização da habitação, inserção da moradia mínima nas unidades residenciais autônomas e modo de vida das metrópoles. Inserida nas pesquisas sobre domesticidade oriundas do campo da história social, foram estudadas as relações de gênero e o papel feminino na disposição e apropriação desses espaços modernos, seja sob a ótica dos moradores, seja na perspectiva dos promotores - arquitetos, engenheiros e investidores do mercado imobiliário. Este livro é resultado de uma pesquisa de pós-doutorado desenvolvida com apoio da Fapesp no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp entre 2016-2019. (AU)