Busca avançada
Ano de início
Entree

Design e caracterização de uma nova ferramenta para a administração e distriduição do cannabidiol no Sistema Nervoso central: imagem in vivo de nanossondas.

Processo: 19/25984-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2020 - 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Convênio/Acordo: Sociedade Max Planck para o Avanço da Ciência
Pesquisador responsável:Alline Cristina de Campos
Beneficiário:Alline Cristina de Campos
Pesq. responsável no exterior: Frauke Alves
Instituição no exterior: Max Planck Society, Gottingen, Alemanha
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Elaine Aparecida Del Bel Belluz Guimarães ; Fernanda Ramos Gomes
Assunto(s):Sistema nervoso central  Nanopartículas  Psicofarmacologia 

Resumo

O canabidiol (CBD) é um fitocanabinóide não psicotomimético derivado da Cannabis sativa. Tem possíveis efeitos terapêuticos em uma ampla gama de distúrbios neuropsiquiátricos. Embora os mecanismos desses efeitos ainda estejam longe de serem claros, eles podem envolver suas propriedades neuroprotetoras e diferentes receptores. É importante notar que o intervalo de doses relacionado aos efeitos do CBD pode variar de espécie, modelo animal e distúrbio neuropsiquiátrico estudado. O CBD também produz curvas de resposta à dose em forma de sino e seu perfil farmacocinético após administração oral é irregular. No presente projeto, objetivamos gerar uma formulação farmacêutica que permita o estudo do perfil farmacocinético, farmacodinâmico e neurobiológico do CBD quando adsorvido em nanopartículas fluorescentes (PE). Traçaremos nanopartículas fluorescentes de CBD usando diferentes técnicas de imagem (medições de imagem óptica in vivo - IVIS e, tomografia computadorizada - micro-CT), microscopia fluorescente de folha de luz ex vivo e microscopia de dois fótons) e observaremos se as células microgliais e periféricas o monócito participaria da entrega do CBD ao SNC de camundongos submetidos em diferentes modelos animais de distúrbios neuropsiquiátricos, como ansiedade, depressão, esquizofrenia e doença de Alzheimer. (AU)