Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento dè nanomatriz farmacêutica lipídica sustentável baseada Èm manteigas naturais Pará carreamento dè fotossensibilizante Pará terapia fotodinâmica anticâncer

Resumo

As atuais terapias anticâncer carecem muitas vezes de segurança e eficácia, de maneira que o desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas contra o câncer tem sido o objetivo de numerosas pesquisas. Neste contexto, a ativação do sistema imunitário do hospedeiro contra antígenos tumorais tem recebido especial atenção, pois representa uma alternativa significativamente mais segura e eficaz que a quimioterapia e outros tratamentos convencionais contra o câncer. Conforme alguns estudos já demonstraram, este tipo de estratégia requer a indução de morte celular imunogênica (MCI) da célula cancerosa, caracterizada principalmente por apoptose com exposição de padrões moleculares associados a dano celular (DAMP). A MCI é induzida especialmente em células sob estresse intenso no retículo endoplasmático rugoso (RER), uma condição caracterizada pela parada da síntese de proteínas nesta organela que se segue eventualmente a estresse oxidativo, hipoglicemia, perda da homeostase de cálcio, hipóxia, ou outros eventos estressores. Neste contexto, nosso grupo de pesquisa já desenvolveu nanoemulsões e nanocápsulas que são eficientes indutores de MCI contra células cancerosas de diversas linhagens humanas ou murinas. Porém, sabe-se que aumento da produção dos nanomateriais para tratamento anticâncer e seu uso extensivo em várias indústrias aumenta também a produção de impurezas, incluindo resquícios de solventes tóxicos e das matérias prima utilizadas. Assim, o presente projeto visa utilizar a nanotecnologia verde, para reduzir estas consequências indesejadas, utilizando reagentes comuns, ou de proveniência natural, na composição de nanossistemas para serem utilizados como alternativa para os fotossensibilizantes já utilizados em terapia fotodinâmica anticâncer. O desenvolvimento do nanossistema proposto além de fornecer informações importantes para o desenvolvimento de protocolos clínicos mais eficientes de imunoterapia anticâncer, agregará valor a produtos amazônicos incentivando a conservação da biodiversidade local, já que a região representa uma das maiores potencialidades do Brasil atualmente. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)