Busca avançada
Ano de início
Entree

Conjugados de peptídeos e polissacarídeos como materiais antimicrobianos para impressão 3D

Resumo

Esta proposta conjunta visa à criação de novos conjugados peptídeo-polissacarídeo com propriedades antimicrobianas e passíveis de impressão 3D, e o estabelecimento de uma colaboração frutífera na pesquisa de novos biomateriais. Peptídeos antimicrobianos (AMP) serão isolados de leveduras na Escola de Bioengenharia da Universidade Libré de Bruxelles - ULB, Bélgica. A conjugação de AMP com alginato e acetato butirato de carboximetilcelulose (CMCAB) será realizada através de química de carbodiimida, no Instituto de Química da Universidade de São Paulo, Brasil. Os polissacarídeos AMP serão processados usando diferentes instalações de bioimpressão 3D e eletrofiação, disponíveis em ambas as instituições. (AU)