Busca avançada
Ano de início
Entree

Grãos de milho integral ou feno de capim tropical de escolha livre na dieta de bezerros leiteiros

Processo: 20/11882-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de outubro de 2020 - 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Carla Maris Machado Bittar
Beneficiário:Carla Maris Machado Bittar
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Concentração de íons de hidrogênio 

Resumo

O feno de gramínea tropical pode auxiliar na saúde ruminal, no entanto, pode diminuir a ingestão de energia, enquanto o grão de milho inteiro pode ser uma fonte alternativa de fibra na dieta de bezerros jovens. Quarenta e dois bezerros da raça Holandesa foram utilizados em delineamento de blocos ao acaso, considerando sexo, data de nascimento e peso aos 21 dias de idade (48,7 ± 0,82 kg), quando a suplementação começou. Três dietas sólidas foram comparadas: 1) Controle: concentrado comercial (24,7% PB, 13,9% FDN, 46,6% CNF); 2) Feno: concentrado comercial, suplementado com feno de Tifton picado de livre escolha; e 3) Milho: concentrado comercial suplementado com grãos de milho inteiro de livre escolha. O período experimental foi de 84d, sendo os primeiros 21d de adaptação onde os animais foram alimentados com 6L/d de leite integral e concentrado comercial, seguido de redução para 4L/d de leite integral até o desaleitamento gradual aos 56d de idade. Aos 56d foram escolhidos aleatoriamente 4 animais por tratamento para serem abatidos e realizadas análises histológicas do rúmen, duodeno e ceco, os outros trinta animais foram desaleitados e avaliados por mais 28d, quando os animais do tratamento controle passaram a receber feno ad libitum. O consumo de ração foi medido diariamente. O ganho de peso e os indicadores metabólicos do metabolismo intermediário foram avaliados semanalmente. O líquido ruminal foi coletado nas semanas 6, 8, 10 e 12 de idade. O livre acesso ao feno promoveu um aumento no consumo de matéria seca (CMS) total e no CMS do concentrado, consequentemente, os bezerros suplementados com feno apresentaram maior ganho de peso diário e maior peso ao desaleitamento. O livre acesso ao grão de milho inteiro promoveu um aumento na proporção de propionato e diminuição na relação acetato:propionato. Os parâmetros morfométricos foram afetados pelo livre acesso ao feno. O desempenho no pós-aleitamento não foi afetado pelas dietas sólidas, no entanto, a suplementação com grão de milho inteiro diminuiu o pH ruminal e o pH fecal. O feno de Tifton, desde os 21 anos de idade, pode estimular uma ingestão precoce da dieta sólida, promovendo melhor desempenho, garantindo a saúde ruminal e intestinal após o desmame. (AU)