Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da suplementação de beta alanina sobre a contribuição metabólica e performance de nado

Processo: 20/09427-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de setembro de 2020 - 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Marcelo Papoti
Beneficiário:Marcelo Papoti
Instituição-sede: Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiologia do exercício 

Resumo

INTRODUÇÃO: As investigações da suplementação de ²-alanina mostram efeitos na participação e no desempenho metabólico (aeróbicos e anaeróbicos) na natação por um possível tampão de acidose sanguínea. Considerando esse cenário, o objetivo do presente estudo foi analisar os efeitos da suplementação de ²-alanina na contribuição metabólica e no desempenho durante a natação de 400 m. MÉTODOS: Treze nadadores competitivos foram submetidos a um estudo controlado por placebo, por 6 semanas, em dupla ocultação, ingerindo 4,8g.dia-1 de ²-alanina ou placebo. Antes e após o período de suplementação, foram avaliadas a contribuição anaeróbica total (TAn) e o esforço de natação total de 30 s, em nado atado (30TS). A participação anaeróbia alática (AnAl) e lática (AnLa) foram assumidos como o componente rápido do excesso de consumo de oxigênio pós-exercício e do acúmulo líquido de lactato no sangue durante o exercício ( [La-]), respectivamente. A contribuição aeróbica (Aer) foi determinada pela diferença entre a demanda total de energia e a TAn. Além da análise estatística convencional (ANOVA de medidas repetidas; p> 0,05), uma ANOVA de medidas repetidas bayesiana foi usada para evidenciar a probabilidade de efeito (BFincl). RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças e efeitos entre os grupos, indicando nenhum efeito de suplementação. Medidas repetidas ANOVA, com confirmação de efeito, foram indicativas de redução de Lactato (p: 0,001; BFincl: 25,02); AnLa absoluto (p: 0,002; BFincl: 12,61), índice de fadiga (p> 0,001; BFincl: 63,25) e participação anaeróbica total 66 (p: 0,008; BFincl: 4,89). CONCLUSÕES: Assim, os resultados demonstraram que todas as alterações 67 apresentadas foram evidenciadas como resultado da exposição ao período de treinamento e a suplementação de ²-alanina 68 não afeta a contribuição metabólica e o desempenho durante o estilo livre de 400 m. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)