Busca avançada
Ano de início
Entree

Música na Cidade de São Paulo (1827-1853): confrontando perspectivas da câmara municipal, da legislação provincial e dos periódicos paulistas

Processo: 20/06174-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2020 - 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Paulo Augusto Castagna
Beneficiário:Paulo Augusto Castagna
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Século XIX  Musicologia 

Resumo

Este projeto tem como principais objetivos obter e organizar informações sobre a atividade musical na cidade de São Paulo entre 1827 e 1853, e compreender os seus significados, por meio do exame sistemático, página a página, do conteúdo completo de quatro categorias de documentos emitidos nesse período: a) atas e registros gerais da Câmara Municipal de São Paulo, publicados pelo Arquivo Municipal e pelo Departamento de Cultura de São Paulo; b) leis, decretos e demais normas promulgadas pela Assembleia Provincial de São Paulo entre 1835-1853, referentes à atividade musical na capital; c) todos os números de periódicos paulistas publicados entre 1827 e 1853, que já tenham sido disponibilizados na Hemeroteca Digital Brasileira da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro; d) documentos históricos diversos referentes ao mesmo período, publicados nos volumes 1 a 160 da Revista do Arquivo Municipal de São Paulo - RAMSP (1934-1957). Para tal levantamento será necessário consultar 4.977 páginas em papel do Registro Geral da Câmara de São Paulo, 4.435 páginas on-line das Atas da Câmara de São Paulo e 9.333 páginas de periódicos on-line, totalizando 18.745 páginas (13.768 disponíveis on-line) - o que resulta em uma média de 2.083 páginas a serem consultadas por mês, no período aproximado de 9 meses destinados ao processamento desses documentos (dentre os 12 meses de duração do projeto) - e mais a leitura de 454 leis e decretos on-line em dois meses de trabalho e 160 volumes da RAMSP (70 disponíveis on-line e 90 apenas em papel) em 4 meses de trabalho. Além do estudo das informações obtidas e da compreensão das perspectivas observadas na documentação, também será elaborado um índice de nomes e assuntos relacionados à música com todas as ocorrências detectadas nos documentos e periódicos consultados, porém suficientemente detalhado para abranger todo tipo de informação localizada sobre a atividade musical na cidade de São Paulo entre 1827 e 1853, a ser publicado após o encerramento deste projeto. (AU)