Busca avançada
Ano de início
Entree

Novas luciferases e fotoproteínas em anelídeos marinhos (Annelida) e sistemas bioluminescentes dependentes de celenterazina

Resumo

Bioluminescência, a emissão de luz fria e visível por seres vivos, é um fenômeno produzido a partir da oxidação de um substrato (genericamente chamado de luciferina) catalisada por enzimas resultando em fótons de luz visível. Todas essas reações utilizam uma variedade de fotoproteínas e luciferases, que atualmente são empregadas como ferramentas versáteis na pesquisa básica e para fins aplicados.Dessa maneira, este projeto tem como objetivo entender o processo de emissão de luz em organismos bioluminescentes marinhos pouco estudados, como por exemplo nos anelídeos Chaetopterus variopedatus e Harmothoe sp. Ainda, organismos que utilizam a molécula de celenterazina como substrato, tais como cnidários e ctenóforos, coletados recentemente por nosso grupo em expedições ao longo da costa do Brasil e no exterior serão também alvos de estudo. Assim, através do isolamento, clonagem, expressão e caracterização das fotoproteínas/luciferases presentes nesses organismos, bem como na purificação de novos substratos luminescentes, pretende-se ampliar a compreensão dos mecanismos químicos/bioquímicos e as funções ecológicas da bioluminescência. (AU)