Busca avançada
Ano de início
Entree

Equipamento multiusuário concedido no processo 2019/25707-6: microscópio eletrônico de varredura

Processo: 20/09163-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de novembro de 2020 - 31 de outubro de 2027
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Instalações e Equipamentos Metalúrgicos
Pesquisador responsável:Vanderlei Cunha Parro
Beneficiário:Vanderlei Cunha Parro
Instituição-sede: Escola de Engenharia Mauá (EEM). Instituto Mauá de Tecnologia. São Caetano do Sul , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/25707-6 - CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS POR MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA (Referente ao Plano Anual de Aplicação da RTI 2019 do IMT), AP.RT.INST
Assunto(s):Materiais compósitos  Materiais nanoestruturados  Caracterização estrutural  Resíduos de construção  Construção civil  Metais  Equipamentos multiusuários  Aquisição de equipamentos  Infraestrutura de pesquisa 
As informações de acesso ao Equipamento Multiusuário são de responsabilidade do Pesquisador responsável
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Tipo de equipamento: Tipo de Equipamento Multiusuário não informado
Fabricante: Fabricante não informado
Modelo: Modelo não informado

Resumo

Com a crescente demanda por novos materiais com melhores desempenhos o conhecimento dos pilares que compõem a ciência dos materiais se torna requisito essencial para a formação de profissionais de alto nível. Esses conhecimentos sobre materiais dependem da estrutura, das propriedades e das técnicas de processamento dos materiais, que por sua vez, são determinados por análises químicas, ensaios mecânicos e caracterização por microscopia eletrônica de varredura. Com o objetivo de analisar os materiais e identificar mecanismos de fratura propõe-se a aquisição e instalação de microscópio eletrônico de varredura com espectroscopia de energia dispersiva. A análise e a caracterização dos materiais por microscopia eletrônica de varredura podem abranger diversos materiais, tais como: metais, polímeros, materiais biológicos (dentes, ossos, insetos, plantas), micro e nanomateriais, compósitos e nanocompósitos, sensores eletrônicos, identificação de falhas de materiais, novos materiais, cosméticos, estruturas para engenharia civil, reciclagem de materiais e caracterização de resíduo de minérios. Além disso pode-se identificar e quantificar pontualmente a composição dos materiais, de forma qualitativa, pelo espectrômetro de energia dispersiva, sendo uma das principais ferramentas para se definir as técnicas quantitativa e suas respectivas curvas de calibração. A aquisição e instalação de um microscópio eletrônico de varredura auxilia nas pesquisas sobre estes materiais e os fenômenos que os envolvem, podendo colaborar com o nível de publicação da Instituição. (AU)