Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma abordagem integradora de dados em multi-plataforma para caracterizar a memória à seca em cana-de-açúcar

Processo: 19/08047-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2021 - 31 de dezembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Convênio/Acordo: DAAD
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Rafael Vasconcelos Ribeiro
Beneficiário:Rafael Vasconcelos Ribeiro
Pesq. responsável no exterior: Alisdair R Fernie
Instituição no exterior: Max Planck Society, Potsdam, Alemanha
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Adilson Pereira Domingues Júnior ; Leonardo Perez de Souza
Vinculado ao auxílio:19/06161-2 - Bases fisiológicas e moleculares da memória à seca em plantas de cana-de-açúcar, AP.R
Assunto(s):Fisiologia vegetal  Cana-de-açúcar  Tolerância a seca  Bioenergia  Biomassa  Metabolômica  Transcriptoma 

Resumo

Recentemente, demonstramos que plantas de cana-de-açúcar previamente expostas à eventos de seca e reidratação exibiram uma melhor performance fotossintética e crescimento quando expostas a um novo evento de seca se comparadas a plantas crescidas sempre sob boa disponibilidade hídrica. A memória vegetal refere-se à capacidade de uma exposição prévia a eventos estressantes desencadear mudanças que regulam todo o desenvolvimento vegetal, permitindo uma resposta mais rápida e eficiente em casos de estresse recorrente. Dessa forma, esse projeto objetiva identificar marcadores metabólicos e moleculares associados com a memória à seca em cana-de-açúcar e avaliar a sua herança e persistência em plantas propagadas vegetativamente. Para esse propósito, nós pretendemos combinar a expertise de dois grupos com reconhecimento em áreas complementares deste projeto. Enquanto o grupo do Dr. Ribeiro no Brasil tem trabalhado com importantes cultivos, focando as respostas fisiológicas à uma miríade de estressores, o grupo do Dr. Fernie na Alemanha é reconhecido internacionalmente pelo sua expertise em várias plataformas já bem estabelecidas para estudar interações metabólicas e transcriptômicas em plantas. Portanto, esse projeto analisará o metaboloma e transcriptoma em diferentes tecidos de cana-de-açúcar exposta a ciclos de seca e reidratação. Nós iremos também analisar as respostas fisiológicas e moleculares dessas plantas, associando-as com a memória à seca e sua herança em propágulos. Baseado nos dados obtidos, nós proporemos novas práticas de manejo de mudas pré-brotadas em condição de viveiro e estabeleceremos uma plataforma de análise do transcriptoma de cana-de-açúcar, que servirá de base para a identificação e entendimento dos mecanismos moleculares que permitem a herança da memória a estresses ambientais em cana-de-açúcar. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RIBEIRO, V, RAFAEL; VITTI, KARINE A.; MARCOS, FERNANDA C. C.; SOUZA, GUSTAVO M.; PISSOLATO, MARIA D.; ALMEIDA, LUIZ FERNANDO R.; MACHADO, EDUARDO C. Proposal of an index of stability for evaluating plant drought memory: A case study in sugarcane. Journal of Plant Physiology, v. 260, MAY 2021. Citações Web of Science: 0.
GALVIZ, YUTCELIA C. F.; RIBEIRO, V, RAFAEL; SOUZA, GUSTAVO M. Yes, plants do have memory. THEORETICAL AND EXPERIMENTAL PLANT PHYSIOLOGY, v. 32, n. 3 AUG 2020. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.