Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 2019/22084-8: sistema laser-ablation para acoplamento a ICPMS

Resumo

A solicitação de um sistema amostrador laser-ablation 213 nm para ser acoplado a um espectrômetro ICPMS instalado no Instituto de Geociências tem como principal objetivo dar apoio às pesquisas prevista no âmbito do Projeto Temático "A Província Magmática Paraná: petrogênese, cronologia e impacto ambiental do magmatismo toleítico, alcalino e silícico Cretáceo na Plataforma Brasileira" (Processo Fapesp 2019/22084-8). Neste projeto, a determinação quantitativa de elementos traço em minerais e rochas é ferramenta fundamental para a caracterização dos materiais estudados e modelamento de processos de evolução magmática. O equipamento será acoplado a um espectrômetro Thermo Scientific iCAP Q, em substituição ao sistema laser ablation atual (NewWave 213 nm) que, após mais de uma década em que forneceu análises de excelente qualidade que beneficiaram um amplo conjunto de pesquisadores do Instituto de Geociências e outras instituições de pesquisa brasileiras, não oferece mais condições de uso. Trata-se que equipamento multiusuário, de modo que as análises de elementos traço a nível de partes por milhão ou melhor em materiais sólidos, especialmente minerais e rochas serão oferecidas como serviço a toda a comunidade acadêmica interna e externa à Universidade no âmbito da Central Multiusuários Geoanalítica, instalada no Instituto de Geociências USP, cujo Regimento adota o padrão indicado pelo Programa USPMulti da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP. (AU)