Busca avançada
Ano de início
Entree

Homeostase de ferro e expressão de fatores de virulência no gênero Paracoccidioides: Aplicações biotecnológicas

Processo: 19/23801-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2020 - 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Convênio/Acordo: CONFAP - Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa
Pesquisador responsável:Fausto Bruno dos Reis Almeida
Beneficiário:Fausto Bruno dos Reis Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Paracoccidioides  Micoses 

Resumo

Ferro apresenta uma posição central na interface patógeno-hospedeiro. Os mamíferos possuem sistemas de alta afinidade para sequestrar o ferro de patógenos e a resistência de patógenos à privação de ferro é um fator de virulência. Na privação de ferro, membros do complexo Paracoccidioides, agentes etiológicos da doença paracoccidioidomicose induzem sistemas de aquisição de ferro, incluindo a produção de sideróforos, a captação de heme e de ferro extracelular, processos regulados pelo fator de transcrição HapX. A despeito de estudos, pouco se sabe sobre: os mecanismos de captação e síntese de sideróforos, moléculas para captação extracelular de ferro, via de captação de heme da molécula de hemoglobina e genes que controlam a homeostase de ferro nesse patógeno. Nesse contexto, propomo-nos a cumprir os seguintes objetivos: caracterizar, a nível molecular, mutantes de Paracoccidioides para o gene HapX; caracterizar moléculas envolvidas na captação extracelular de ferro e produção de mutantes silenciados para as mesmas; definir a via de secreção das proteínas extracelulares ligantes de ferro; investigar o papel de vesículas extracelulares durante a privação de ferro; avaliar, in vitro, a produção de mediadores inflamatórios e atividade celular de macrófagos estimulados com mutantes de Paracoccidioides para o gene HapX; explorar novos alvos para terapia antifúngica. (AU)