Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação entre aspectos psicossociais e características do sono com sintomas musculoesqueléticos e depressão em trabalhadores de saúde: estudo longitudinal

Resumo

Contextualização: Os trabalhadores da saúde lidam com situações fisicamente e emocionalmente desgastantes no trabalho. Os profissionais que trabalham em turno noturno podem apresentar desequilíbrio do sono. Estes aspectos fazem com que estes trabalhadores sejam afetados por problemas de saúde, como sintomas musculoesqueléticos e transtornos mentais.Objetivo: Avaliar a relação entre aspectos psicossociais e características do sono com sintomas musculoesqueléticos e depressão em trabalhadores de saúde.Métodos: O estudo será realizado nos três níveis de atenção do SUS, envolvendo em torno de 2083 trabalhadores da atenção primária, secundária e terciária do município de São Carlos, SP. Os sintomas musculoesqueléticos e depressão serão avaliados pelo Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares e Inventário Beck de Depressão, respectivamente. Serão aplicados ainda um questionário sociodemográfico, o Copenhagen Psychosocial Questionnaire (COPSOQ II-Br) e o Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI-Br). Os trabalhadores do turno noturno serão avaliados em relação ao sono por meio de acelerômetros. Os dados serão analisados de forma descritiva e por meio de análise de regressão para identificar os fatores associados aos sintomas e à depressão.Resultados esperados: Espera-se identificar os fatores associados aos sintomas musculoesqueléticos e à depressão para propor ações preventivas específicas para os trabalhadores de saúde. (AU)