Busca avançada
Ano de início
Entree

Doenças inflamatórias crônicas e mortalidade geral, por doença cardiovascular e outras causas: associação com fatores de risco, Aterosclerose subclínica e eventos cardiovasculares fatais e não fatais no Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil)

Resumo

Doenças inflamatórias crônicas e mortalidade geral, por doença cardiovascular e outras causas: associação com fatores de risco, Aterosclerose subclínica e eventos cardiovasculares fatais e não fatais no ELSA-Brasil Estudos sugerem que as doenças inflamatórias como a Artrite Reumatoide, o Lúpus Eritematoso Sistêmico, a Doença Celíaca, a Psoríase e outras doenças reumatológicas como a Síndrome de Sjögren e as Vasculites se associariam a presença precoce de Aterosclerose subclínica, frequência mais elevada de eventos cardiovasculares e maior mortalidade geral, cardiovascular e por outras causas. O ELSA-Brasil é um estudo de coorte prospectivo que inclui o estudo de fatores de risco para doença cardiovascular clássicos e não clássicos e sua relação com a incidência de doença cardiovascular e Diabetes. O objetivo deste projeto é avaliar a incidência de Aterosclerose subclínica medida pelo escore de cálcio (CAC) e pela Espessura de Íntima-Média de Carótidas (EIMC) assim como a incidência de eventos cardiovasculares fatais e não fatais e de causas de morte (mortalidade geral, cardiovascular e por outras doenças) em participantes que referiram a presença de doenças inflamatórias na linha de base ou no seguimento do estudo. A identificação da presença de doenças seria feita por perguntas sobre diagnóstico médico das doenças, uso de medicamentos e a presença de biomarcadores associados a serem dosados como parte deste estudo a partir de amostras biológicas estocadas em nitrogênio colhidas na linha de base (2008-2010) há 9 anos: O biomarcadores a serem dosados são: fator reumatoide e anti-CCP (Artrite Reumatoide), FAN, anti-DNA, anti-SM (Lupus), anti-RO, anti-LA (Sjögren), IgA antitransglutaminase (Doença Celíaca), anticorpos ANCA (PR3 e MPO) (Vasculites). Também será estudada a associação dessas doenças com alterações da função tireoidiana, transtornos psiquiátricos e com os níveis de colesterol e frações aferidos do modo convencional, por ultra-centrifugação vertical e por ressonância nuclear magnética para estudar o paradoxo lipídico - subgrupo de pacientes com Artrite Reumatoide com valores mais baixos de colesterol e maior incidência de desfechos cardiovasculares - assim como verificar sua presença em outras doenças inflamatórias. Como forma de enfrentamento para superar os desafios científicos e tecnológicos do projeto e como superá-los, o ELSA-Brasil tem uma amostra aleatória da coorte de 1500 participantes que são representativos dos 15.105 e representariam os participantes sem doença em todas as comparações. Isso permite a realização da dosagem dos biomarcadores em subamostra de 3000 participantes (incluindo casos e controles) com economia de custos, mas sem perda do poder de análise. As análises serão feitas imediatamente usando-se material estocado em 2008-2010. E as partículas lipídicas foram dosadas por técnicas inovadoras, permitindo explorar o paradoxo lipídico com novas estratégias de análise. Os resultados serão apresentados por regressões de Poisson ou pelo modelo de riscos proporcionais de Cox com cálculo do risco relativo sem ajuste, ajustado para fatores sociodemográficos e com ajuste multivariado por prováveis fatores de confusão. Também será utilizada análise de sobrevida com as curvas de Kaplan-Meier comparadas pelo teste do Log-Rank. Os resultados esperados são o cálculo do risco relativo referente a associação das doenças inflamatórias com Aterosclerose subclínica precoce e a incidência mais alta de desfechos cardiovasculares e de mortalidade geral, cardiovascular e por outras causas nos participantes com doença inflamatória comparados aos participantes sem doença; investigar o paradoxo lipídico da Artrite Reumatoide e identificar sua presença em outras doenças inflamatórias. Os resultados serão apresentados em congressos, na forma de artigos em revistas abertas e com divulgação para população a população com materiais de fácil entendimento para portadores e não portadores das doenças inflamatórias (extensão). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pós-doutorado em ciências da saúde na USP