Busca avançada
Ano de início
Entree

IX Simpósio sobre Reforma Agrária e Questões Rurais: Relações Campo - Cidade em discussão: superando dualidades

Processo: 20/03729-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 18 de novembro de 2020 - 19 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia Rural
Pesquisador responsável:Vera Lucia Silveira Botta Ferrante
Beneficiário:Vera Lucia Silveira Botta Ferrante
Instituição-sede: Universidade de Araraquara (UNIARA). Associação São Bento de Ensino. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Reforma agrária  Políticas públicas  Agricultura sustentável  Desenvolvimento rural sustentável 

Resumo

OO IX Simpósio sobre Reforma Agrária e Questões Rurais dá continuidade a uma experiência de investigação, que já acumula quase 40 anos de ensino, pesquisa e extensão nesta área do conhecimento. Para este Simpósio decidiu-se privilegiar como eixo analítico, a unidade existente entre rural e urbano, os quais, mais que entrelaçados, formam verdadeiro emaranhado de relações, tanto no plano conceitual, cujas abstrações teóricas (sobre esses espaços) não dão conta de estabelecer diferenças entre eles de forma definitiva (dado o caráter dinâmico das mudanças sociais que os afetam) - como principalmente no plano factual, ou seja, na vida, no cotidiano dos atores sociais que os habitam. Em especial, busca refletir como o Isolamento mundial, pode alterar mudanças que apontam nos diversos campos da vida: social, cultural, econômico e político. O IX Simpósio põe em discussão a sinérgica relação campo-cidade, por meio de temas transversais e que consideram a constituição histórica e recíproca entre espaços rurais e urbanos. No que se refere particularmente às abordagens propostas neste evento, consideramos que rural e urbano são completamente ligados enquanto fluxos de produção e de reprodução social da vida. Em um primeiro plano, emergem as questões materiais que ligam diretamente o campo à cidade, como o tema do abastecimento urbano, da produção do campo que alimenta a população e, também, da integração da agricultura aos mais diversos setores da economia. Por outro lado, como pano de fundo, os temas que permeiam as ruralidades constituem o próprio tecido social sobre o qual a sociedade é construída, como os aspectos culturais, o poder simbólico do latifúndio e as decorrentes relações de dominação política e econômica presentes em nossa estrutura social - com reflexos não apenas no campo, mas em toda a sociedade. Reflexos estes que se agravam em tempo de pandemia. (AU)