Busca avançada
Ano de início
Entree

Polimorfismo na região promotora do gene de IL18 e associação com a gravidade da paracoccidiodomicose

Processo: 20/11473-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de dezembro de 2020 - 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Maria Aparecida Shikanai Yasuda
Beneficiário:Maria Aparecida Shikanai Yasuda
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Paracoccidioidomicose  Polimorfismo de um único nucleotídeo 

Resumo

A paracoccidioidomicose é uma importante micose sistêmica, endemica na América Latina, causada por Paracoccidioides spp. Esta infecção fúngica tem sido associada a elevada morbidade e sequelas, e suas manifestações clínicas dependem da virulência do fungo infectante, do grau e tipo da resposta immune, da extensão dos tecidos infectados e das características intrínsecas do hospedeiro. As respostas mediadas por células Th1 e Th17/Th22 tem sido relacionadas à resistência e controle da infecção, enquanto a resposta Th2/Th9 tem sido associada à susceptibilidade à doença. No presente estudo, os polimorfismos genéticos da interleucina (IL)-12p35 (IL12A), IL-18 (IL18) e Receptor 1 de IFN-³ (IFNGR1) foram analisados, uma vez que sua importância tem sido registrada na paracoccidioidomicose humana (PCM). A PCR Real Time foi utilizada para estudo de polimorfismos de um único nucleotídeo em IL12A -504 G/T (rs2243115), IL18 -607 C/A (rs1946518) and IFNGR1 -611 A/G (rs1327474). Foram incluidos 149 pacientes nas formas aguda (AF), crônica multifocal (MC) ou crônica unifocal (UC) da PCM, e 110 indivíduos sem a micose, como grupo controle. Na análise de regressão logística incondicional ajustada por etnia e sexo, foi observados alto risco do alelo A de IL18 -607 para ambos os grupos AF [p= 0.015; OR= 3.10 (95% CI: 1.24 - 7.77)] e MC [p= 0.023; OR= 2.61 (95% CI: 1.14 - 5.96)] quando comparados a UC. O risco do alelo A de IL18 -607 para os grupos AF e MC, assim como o papel protetor do alelo C em UC estão possivelmente relacionados aos níveis mais elevados de IL-18 previamente observados na doença humana clinicamente ativa. Portanto, um novo papel de do polimorfismo de um único nucleotídeo em IL18 -607 C/A registrado no presente estudo, enfatiza a importancia deste polimorsfismo no desfecho da paracoccidioidomicose. (AU)