Busca avançada
Ano de início
Entree

Dimensions US-BIOTA-São Paulo: além da aparência: compreendendo as origens evolutivas e genéticas de diversas especializações tróficas em moscas varejeiras

Processo: 20/05636-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Temático
Vigência: 01 de janeiro de 2021 - 31 de dezembro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Convênio/Acordo: NSF - Dimensions of Biodiversity e BIOTA
Pesquisador responsável:Tatiana Teixeira Torres
Beneficiário:Tatiana Teixeira Torres
Pesq. responsável no exterior: Brian Michael Wiegmann
Instituição no exterior: North Carolina State University (NC State), Estados Unidos
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Patricia Jacqueline Thyssen
Pesq. associados: Aram Mikaelyan ; David W Watson ; Federico David Brown Almeida ; Kelly Ann Meiklejohn ; Maxwell John Scott ; Silvio Shigueo Nihei ; Sophie Hokulani Véronique Jessica Tandonnet
Bolsa(s) vinculada(s):21/01641-6 - Seleção Natural nos Genomas e Transcriptomas de Moscas Varejeiras, BP.MS
Assunto(s):Evolução  Sarcofagídeos  Diptera  Calliphoridae  Hábitos alimentares  Genômica comparativa  Genômica funcional  CRISPR-Cas9 

Resumo

As moscas são modelos diversos para estudar a evolução do hábito de parasitismo. Com 1.256 espécies descritas, as moscas varejeiras (Diptera: Calliphoridae) são um candidatas ideais para o estudo comparativo dos determinantes genéticos e comportamentais das adaptações alimentares. Considerando os hábitos alimentares de suas larvas, os califorídeos são classificados em: necro-saprófagos, que se alimentam de material em decomposição; ectoparasitas facultativos, as quais podem se alimentar de matéria orgânica morta (necrófagas) ou infestar tecidos necrosados de vertebrados vivos; e parasitas obrigatórios, que se alimentam somente dos tecidos vivos de hospedeiros. A origem e a história evolutiva desses diversos hábitos alimentares especializados em Calliphoridae ainda são muito pouco estudadas e são limitadas pela falta de informações filogenéticas, genéticas e ecológicas. Com este projeto, uma forte equipe de cientistas com experiência em evolução, ecologia e genômica comparativa e funcional investigará colaborativamente as causas e consequências da especialização trófica, como um impulsionador da diversidade de espécies de moscas em três dimensões integradas de pesquisa: 1) filogenética: reconstruindo a história evolutiva da moscas varejeiras e mapeando as transições de hábitos alimentares em toda a família; 2) genética/genômica: identificando genes associados a hábitos alimentares especializados e avaliando se são consistentes no nível de família, espécie e população; e 3) funcional: quantificando o impacto da supressão de genes (usando CRISPR-Cas9) na preferência por recursos alimentares e investigando o papel do microbioma intestinal nas preferências alimentares e na manutenção de diversas interações bióticas. A integração das descobertas de pesquisa de todos os nossos laboratórios, que estudam várias linhagens de moscas varejeiras, nos permitirá abordar questões-chave relacionadas à origem e manutenção de diversas especializações tróficas e seu impacto na diversidade. (AU)