Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da ação anti-inflamatória de peptídeos derivados do soro do leite sobre células gliais

Processo: 19/01896-4
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de março de 2021 - 30 de junho de 2025
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Fabiana Andrea Barrera Galland
Beneficiário:Fabiana Andrea Barrera Galland
Instituição Sede: Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Marcelo Antonio Morgano ; Maria Elisa Caetano Silva Abreu ; Maria Teresa Bertoldo Pacheco
Vinculado ao auxílio:17/50349-0 - Plano de desenvolvimento institucional em pesquisa do Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL (PDIp), AP.PDIP
Bolsa(s) vinculada(s):23/05406-7 - Avaliação da atividade anti-inflamatória de peptídeos do girassol sobre células gliais, BP.TT
23/01188-5 - Biodisponibilidade de peptídeos do soro do leite e proteína do girassol após digestão in vitro em cultura de linhagem caco-2, BP.TT
22/01204-8 - Avaliação do potencial antioxidante de hidrolisados proteicos da semente do girassol sobre células intestinais Caco-2, BP.MS
21/05213-9 - Avaliação da atividade antioxidante de peptídeos hidrolisados do soro do leite em células intestinais Caco-2, BP.MS
20/16715-2 - Estudo da ação anti-inflamatória de peptídeos derivados do soro do leite sobre células gliais, BP.JP
Assunto(s):Neuroinflamação  Peptídeos bioativos  Proteínas do soro do leite  Neuroglia  Anti-inflamatórios  Doenças degenerativas  Doença crônica 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Células Gliais | Neuroinflamação | peptídeos bioativos | Proteínas do soro do leite | Peptídeos bioativos de alimentos

Resumo

A neuroinflamação é um processo comum a diversas doenças crônicas degenerativas, como a Doença de Alzheimer e Parkinson. Peptídeos bioativos derivados de proteínas alimentares tem sido estudado como importantes agentes anti-inflamatórios naturais, como uma alternativa mais segura a efeitos colaterais induzido por anti-inflamatórios sintéticos. As células gliais são as principais células imunes do sistema nervoso central. Apesar disso, poucos estudos avaliam os potenciais efeitos dos peptídeos bioativos sobre a neuroinflamação nestas células. Este projeto se propõe a implementar um laboratório de cultivo celular no Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) visando o desenvolvimento de pesquisas que utilizem a cultura celular como modelo biológico de estudo. Como objetivos específicos pretende-se estudar a obtenção, caracterização e mecanismos de internalização de peptídeos bioativos derivados do soro do leite com capacidade anti-inflamatória em células gliais. A obtenção dos peptídeos do soro do leite se dará a partir da hidrólise com pepsina e pancreatina seguindo o protocolo da Infogest. Frações peptídicas serão obtidas a partir da ultrafiltragem e a fração menor de 5 kDa, será isolada por RP-HPLC. Os isolados peptídicos (IP) serão avaliados quanto a sua estrutura por espetroscopia de massa, biodisponibilidade em células Caco-2, e quanto a sua bioatividade em linhagem de astrócitos e microglia. Os IP serão testados quanto a atividade anti-inflamatória em células estimuladas com LPS. Será testado a expressão de GFAP, Iba-1, TLR-4 e Cox-2 por imunoblotting, secreção de TNF±, IL-1² por ELISA e a ativação da via NFkB por imunocitoquímica. Os IP com maior bioatividade serão analisados in sílico sobre a interação com marcadores inflamatórios. Os de maior interação serão sintetizados e, com parceria internacional, pretende-se estudar os mecanismos de internalização do peptídeo escolhido por microscopia confocal. Espera-se com este projeto a formação de uma nova linha de pesquisa no ITAL com a utilização de cultura de células, possibilitando estudos de maior impacto científico e permitindo a formação de recursos humanos com projetos multidisciplinares. Além disso, este estudo pretende contribuir para a formação de novas substâncias terapêuticas de origem alimentar com capacidade anti-inflamatória em doenças crônicas degenerativas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE ESPINDOLA, JULIANA SANTOS; TACCOLA, MILENA FERREIRA; DA SILVA, VERA SONIA NUNES; DOS SANTOS, LUCILENE DELAZARI; ROSSINI, BRUNO CESAR; MENDONCA, BRUNA CAVECCI; PACHECO, MARIA TERESA BERTOLDO; GALLAND, FABIANA. Digestion-resistant whey peptides promote antioxidant effect on Caco-2 cells. Food Research International, v. 173, p. 12-pg., . (19/01896-4)
PINILLA, CRISTIAN MAURICIO BARRETO; BRANDELLI, ADRIANO; GALLAND, FABIANA; SPADOTI, LEILA MARIA; ALVES, ADRIANA TORRES SILVA E. Improved functional properties of the potential probiotic Lacticaseibacillus paracasei ItalPN16 growing in cheese whey. Letters in Applied Microbiology, v. 76, n. 7, p. 9-pg., . (21/04987-0, 19/01896-4)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.