Busca avançada
Ano de início
Entree

Suplementação com carboirato e glutamina atenuam o aumento da Percepção subjetiva do Esforço durante exercício intenso em hipóxia similar a 4.200m.

Resumo

A Classificação de Percepção de Esforço (PSE) indica a sensação de fadiga. No entanto, a hipóxia piora a condição e pode piorar o EPR. Avaliamos se a suplementação de carboidratos e glutamina altera a PSE e marcadores fisiológicos na corrida com pico de consumo de oxigênio de 70% até a exaustão em altitude simulada de 4.500 m. Nove voluntários foram submetidos a três corridas no pico de consumo de oxigênio de 70% até a exaustão: (1) hipóxia e placebo, (2) hipóxia e 8% de maltodextrina e (3) hipóxia após seis dias de suplementação de glutamina (20g / dia) e 8% de maltodextrina. O exercício e a suplementação foram randomizados e duplo-cegos. Lactato, frequência cardíaca, saturação de O2 da hemoglobina (SpO2%), RPE (escala 6-20) foram analisados no 15º e 30º min. A significância aceita foi de p d 0,05. A SpO2% diminuiu no 15º e 30º minutos em comparação ao repouso com placebo, suplementação com carboidratos e glutamina. O EPR aumentou no 30º minuto em comparação ao 15º minuto no placebo e na suplementação de carboidratos; entretanto, não há diferença na condição de suplementação de glutamina. A frequência cardíaca e o lactato aumentaram após 15 e 30 minutos em comparação ao repouso de forma semelhante às três condições estudadas. Concluímos que a suplementação prévia com glutamina e carboidratos durante exercícios intensos em hipóxia semelhante a 4.200 pode atenuar o aumento da PSE pelo aumento da glicemia e pode ser uma estratégia útil para pessoas que se exercitam nessas condições. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)