Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de teste rápido de baixo custo e não invasivo para diagnóstico de câncer de bexiga

Processo: 20/02015-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de março de 2021 - 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Juliane Cristina Borba
Beneficiário:Juliane Cristina Borba
Empresa:Solve Biotechnology Ltda. - ME
CNAE: Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Município: São Carlos
Pesq. associados:Regiane de Fátima Travensolo
Vinculado ao auxílio:16/21759-3 - Desenvolvimento de teste rápido de baixo custo e não invasivo para diagnóstico de câncer de bexiga, AP.PIPE
Bolsa(s) vinculada(s):21/01616-1 - Desenvolvimento de teste rápido de baixo custo e não invasivo para diagnóstico de Câncer de Bexiga, BP.PIPE
Assunto(s):Neoplasias da bexiga  Urina  Diagnóstico  Instrumentação  Nanopartículas  Testes de aglutinação  Cistoscopia 

Resumo

O câncer de bexiga é uma neoplasia urogenital que acomete homens e mulheres, sendo que somente no Brasil 9.670 novos casos ao ano são diagnosticados. Cistoscopia transuretral é a conduta padrão no diagnóstico e acompanhamento do câncer de bexiga. Entretanto, tal procedimento é extremamente invasivo e doloroso além de ter elevado custo e não garantir todos os resultados de sucesso esperado. Além disso, nos estágios iniciais, os sintomas não são específicos da enfermidade, sendo similares a outras afecções urinárias, o que dificulta o diagnóstico correto da doença e, por isso, em muitos casos o câncer só é descoberto quando já está em estágio avançado. Assim, busca-se por testes de diagnósticos efetivos e que possam auxiliar no diagnóstico precoce e/ou na progressão do câncer de bexiga, bem como diminuir a necessidade de exames invasivos para o acompanhamento da doença. Nesse sentido, fluidos biológicos como a urina tem papel de destaque devido principalmente ao seu caráter não invasivo. Este projeto propõe o desenvolvimento de um kit de diagnóstico rápido, simples, de baixo custo e não invasivo, visando auxiliar os métodos convencionais já existentes. Com a otimização de uma metodologia de produção de nanopartículas de poliestireno coloridas e funcionalizadas será realizado um teste de aglutinação para detecção de diferentes biomarcadores relacionados ao câncer de bexiga os quais são expelidos na urina. (AU)

Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Startup desenvolve teste rápido para o diagnóstico de câncer de bexiga  
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)