Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da efetividade retentiva, qualidade de vida e taxa de sobrevivência de um novo design de mini-implante para overdenture: ensaio clínico randomizado

Resumo

O tratamento reabilitador com implantes dentais apresenta efeito direto na capacidade mastigatória, melhoria da fala, estética, e satisfação dos pacientes. Para o edentulismo completo, um problema de saúde pública e de elevada prevalência no Brasil, as próteses do tipo overdentures retidas por dois implantes convencionais são consideradas como tratamento padrão. Entretanto, muitos dos casos não contemplam a utilização de implantes convencionais, seja pelas condições sistêmicas dos pacientes, quantidade e qualidade óssea, fatores socioeconômicos e/ou idade. Nessas situações, os mini-implantes têm grande potencial para resolutividade de casos, principalmente quando apresentam macro geometrias capazes de otimizar a técnica, tempo cirúrgico, processo de cicatrização. Diante das poucas avaliações clínicas envolvendo mini-implantes dentais e da escassez de variações de design para esses modelos, a proposta deste estudo tem por objetivo obter dados referentes à comparação entre overdentures mandibulares retidas por modelos de mini-implantes convencionais e experimentais como modalidade de tratamento para pacientes adultos edentulos. O estudo será centrado em 30 participantes edentados que receberão uma das duas intervenções na região mandibular anterior: (G1) dois mini-implantes comerciais - controle; e (G2) dois mini-implantes experimentais. Serão avaliados como desfechos qualidade de vida, satisfação dos pacientes, taxa de sobrevivência dos mini-implantes e das overdentures e análise eletromiográfica, durante um período de 6 meses. (AU)