Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de novos nanocompósitos magnéticos baseados em hidrogéis para avaliação como veículos carreadores de fármacos e insumos agrícolas

Resumo

Com o avanço da tecnologia a nível mundial, os métodos convencionais de aplicação estão perdendo espaço no agronegócio, devido ao surgimento da agricultura de precisão que desponta como um mecanismo moderno, impulsionando um novo padrão de produtividade atrelado a qualificação ambiental. Vinculado a agricultura de precisão, pode-se destacar o desenvolvimento de hidrogéis biodegradáveis e seus nanocompósitos como veículos carreadores em sistemas de liberação controlada. Da mesma forma, a economia vem sofrendo com o alto custo dos insumos empregados na área da saúde. Logo, biomateriais de preços mais acessíveis vêm sendo desenvolvidos para esta finalidade. Pelo fato de diversos tipos de fármacos necessitarem de uma administração contínua, os métodos convencionais não são os mais apropriados para aplicação em pacientes, visto que tais métodos possuem desvantagens que refletem no organismo do indivíduo. A substituição dos métodos convencionais pela tecnologia de liberação controlada traz uma nova perspectiva, pois quando aplicados a partir de sistemas convencionais, o fármaco obtém um pico máximo de dosagem e posteriormente apresenta um declínio equivalente ao tempo de efeito desse. Nesse sentido, a inovação chave do projeto, está na obtenção e caracterização de nanocompósitos híbridos contendo nanopartículas magnéticas de óxido de ferro e modificações de nanoestruturas, tais como nanoargila, visando suas propriedades magnéticas. Visando potencializar as propriedades para aplicação em sistemas de liberação controlada na agricultura, com posterior reutilização destes materiais, e na área médica, como dispositivos de liberação controlada com possibilidade de ativação remota. Desta forma, o presente auxílio almeja como objetivo dar continuidade as pesquisas, parcialmente financiada por essa agência de fomento, referente à síntese, caracterização e desenvolvimento de nanocompósitos baseados em hidrogéis de polissacarídeo e materiais inorgânicos do tipo argila e zeólitas para ser aplicados em sistemas de liberação controlada e sustentada na área agrícola. (AU)