Busca avançada
Ano de início
Entree

COVID-19 e o papel do envelhecimento na inflamação e desenvolvimento de fibrose pulmonar

Processo: 20/10281-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2021 - 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Thais Mauad
Beneficiário:Thais Mauad
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados: Amaro Nunes Duarte Neto ; Ellen Caroline Toledo do Nascimento ; Fernanda Degobbi Tenorio Quirino dos Santos Lopes ; Leila Antonangelo ; Luiz Fernando Ferraz da Silva ; Luiz Vicente Ribeiro Ferreira da Silva Filho ; Marilia Cerqueira Leite Seelaender ; Marisa Dolhnikoff ; Paulo Hilário Nascimento Saldiva
Assunto(s):Autópsia minimamente invasiva  Crianças  Inflamação  Pulmão  Pneumopatias  Infecções por Coronavirus  COVID-19  SARS-CoV-2  Pandemias 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Autopsia | Autopsia MInimamente Invasiva | Covid-19 | Inflamação | pulmão | remodelamento | Patologia Pulmonar

Resumo

Os idosos são desproporcionalmente afetados pela forma grave da COVID-19, com mortalidade crescente de acordo com a faixa etária, chegando a 20% nos indivíduos com mais de oitenta anos. Credita-se a maior susceptibilidade não só à maior frequência de co-morbidades, mas também às alterações imunológicas próprias do envelhecimento, como ativação do sistema imune inato e deficiências de respostas linfocitárias. A resposta a estímulos fibróticos e reparativos também está alterada em idosos, que apresentam maior produção de colágeno após injúrias teciduais. Essas alterações parecem estar mediadas por vários mecanismos subcelulares, como a menor expressão de sirtuínas, ativação do inflamassoma NLRP3 e desregulação dos mecanismos de resposta à hipóxia. Alterações nos receptores virais ACE2 e TMPRSS-2 que ocorrem durante as diferentes faixas etárias também parecem influir na gravidade da resposta à infecção pelo COVID-19. Pouco se conhece sobre o envelhecimento pulmonar e as alterações celulares inflamatórias residentes nos pulmões de pacientes idosos. Neste projeto estudaremos tecido pulmonar obtido através de autópsia minimamente invasiva em pacientes adultos e idosos que faleceram por COVID-19, provenientes do Hospital das Clínicas da FMUSP, de março a junho de 2020. Como controle serão utilizados fragmentos de tecido pulmonar de pacientes idosos e adultos, falecidos por causa não pulmonar, tecido pulmonar de pacientes falecidos por Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo, também pareados por idade e tempo de ventilação mecânica. A expressão dos receptores virais será comparada com tecido pulmonar obtido através de autópsias pediátricas de crianças falecidas sem doença pulmonar. Serão estudados os marcadores celulares e de matrix extracelular por método imunohistoquímico em tecido pulmonar de pacientes falecidos por COVID-19. Pela técnica de Luminex em fragmentos congelados de tecido pulmonar, COVID-19, serão quantificadas citocinas, quimiocinas, fatores de crescimento e metalopreoteases de matrix. Pela técnica de PCR, serão quantificados os genes envolvidos na rota do inflamassoma NLRP3 e do fator 1 induzível por hipóxia (HIF-1). Este conjunto de dados permitirá melhor entendimento dos processos inflamatórios e fibróticos da COVID e a influência do envelhecimento pulmonar sobre eles. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
JOÃO CARLOS GEBER JÚNIOR; RENATA APARECIDA DE ALMEIDA MONTEIRO; JOÃO WILSON PEDRO DA ROCHA; EDSON LUIZ TÁRSIA DUARTE; ELIZABETE NICODEMO; OLAVO MUNHOZ; EDISON FERREIRA DE PAIVA; THAIS MAUAD; LUIZ FERNANDO FERRAZ DA SILVA; PAULO HILARIO NASCIMENTO SALDIVA; et al. What else in times of COVID-19? The role of minimally invasive autopsy for the differential diagnosis of acute respiratory failure in a case of kala-azar. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, v. 65, . (20/10281-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.