Busca avançada
Ano de início
Entree

Comportamento sedentário e competência motora em crianças e adolescentes: revisão

Resumo

OBJETIVO: Sintetizar as evidências de estudos que analisaram as associações entre comportamento sedentário (CS) e competência motora (CM) em crianças e adolescentes. MÉTODOS: Revisão sistemática de artigos originais que analisaram possíveis associações entre CS e a CM em crianças e adolescentes (3-18 anos de idade), sem restrições quanto ao delineamento de estudo, instrumentos e protocolos de análise. Os artigos foram identificados por meio de buscas nas bases PubMed, Web of Science, Academic Search Premier, CINAHL, MEDLINE e SPORTDiscus, e em listas de referências. O nível de evidência foi avaliado de acordo com a quantidade de estudos que reportaram significância estatística nas associações entre CS e CM e a qualidade dos artigos (o risco de viés).RESULTADOS: De 2462 estudos iniciais, 22 compuseram a síntese (duas intervenções, nove longitudinais e 11 transversais). Destes, em 13 foram observadas associações negativas entre o CS e o CM, sendo mais frequentemente observadas na faixa etária de sete a catorze anos. Na análise do risco de viés, as principais limitações dos estudos foram "amostragens por conveniência" e não descrição do "dimensionamento amostral". CONCLUSÕES: A evidência disponível sugere que o CS está negativamente associado à CM em crianças do ensino fundamental, embora a evidência seja incerta nos anos pré-escolares; a síntese de resultados dos estudos longitudinais sugere que o CS afeta negativamente o desenvolvimento da CM. É importante que futuros estudos tenham maior controle sobre os determinantes socioculturais e aprofundem os conhecimentos em relação ao sexo e faixa etária, assim como dos métodos e indicadores utilizados para avaliação do CS e da CM. (AU)