Busca avançada
Ano de início
Entree

Emoções, humor e estratégias de enfrentamento na pandemia

Resumo

Propõe-se a realização desse estudo com os objetivos de i. realizar um levantamento de aspectos relacionados à saúde mental de estudantes universitários e da população brasileira em geral, considerando o contexto atual de pandemia por coronavírus (COVID-19), ii. realizar um levantamento desses aspectos em população de conveniência nos Estados Unidos, iii. verificar a invariância entre amostras independentes (de acordo com as características demográficas) e transnacional (BrasilxEUA) dos instrumentos de medida utilizados e iv. estimar o impacto das emoções e do humor nas estratégias de enfrentamento da pandemia adotadas por indivíduos adultos brasileiros e dos Estados Unidos. Trata-se de estudo transversal. Serão utilizados como instrumentos de medida a escala de Depressão, Ansiedade e Estresse (DASS-21), a Escala do Impacto do Evento - revisada (IES-R), a Escala de Humor de Brunel (BRUMS) e o Inventário BriefCOPE. A validade e confiabilidade dos dados será avaliada por meio de análise fatorial confirmatória e Coeficiente Ômega, respectivamente. A invariância fatorial de cada instrumento aplicado às diferentes amostras (estudante x população geral, estados e demais características de interesse) será analisada utilizando análise multigrupos (deltaCFI). A invariância transnacional também será analisada. Os escores médios de depressão, ansiedade, estresse, das alterações de humor e das estratégias de enfrentamento utilizadas serão calculadas por ponto e por intervalo de 95% de confiança para amostra total e demais subamostras. O impacto das emoções e do humor nas estratégias de enfrentamento utilizadas pelos indivíduos será estimado a partir de modelo estrutural. A avaliação do modelo será realizada em duas etapas. Na primeira será analisada a qualidade do ajustamento do modelo aos dados pelos índices X2/gl, CFI, TFI e RMSEA utilizando o método de estimação Weighted Least Squares Mean and Variance Adjusted (WLSMV). Na etapa 2, será avaliada a significância das trajetórias hipotéticas (B) de cada variável independente utilizando o teste z e nível de significância de 5%. Análise qualitativa das respostas abertas será realizada por meio de análise de conteúdo e elaboração do discurso do sujeito coletivo (DSC). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAMPOS, JULIANA ALVARES DUARTE BONINI; MARTINS, BIANCA GONZALEZ; CAMPOS, LUCAS ARRAIS; DE FATIMA VALADAO-DIAS, FILOMENA; MAROCO, JOAO. Symptoms related to mental disorder in healthcare workers during the COVID-19 pandemic in Brazil. INTERNATIONAL ARCHIVES OF OCCUPATIONAL AND ENVIRONMENTAL HEALTH, v. 94, n. 5, p. 1023-1032, . (20/08239-6)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.