Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação tardia dos resultados clínicos do tratamento endovascular das obstruções venosas ilíacas na insuficiência venosa crônica avançada

Resumo

A Insuficiência Venosa Crônica (IVC) é responsável pela maioria dos sintomas vasculares que acometem os membros inferiores. Tem-se reconhecido a alta prevalência das obstruções venosas do território ilíaco-cavo na IVC, e os benefícios do tratamento endovascular, nos casos mais avançados da doença. Contudo, existem poucos estudos publicados que verificaram os resultados a longo prazo. Este estudo tem como objetivo avaliar os resultados clínicos tardios de pacientes submetidos a angioplastia do território ilíaco-cavo e a relevância dos exames complementares no diagnóstico da recidiva da obstrução e na promoção e manutenção de perviedade do stent. Métodos: Trata-se de estudo prospectivo, no qual pacientes portadores de IVC avançada (Escala Visual Analógica da Dor >3, Escala da Gravidade Sintomas Venosos Clínicos >10, CEAP C3 a 6), submetidos a tratamento endovascular de obstruções ilíacas e50% confirmadas ao Ultrassom Endovascular (UE-IVUS), que apresentarem recidiva dos sintomas e/ou recidiva da obstrução ao Ultrassom Venoso com Doppler (USVD), serão submetidos a exames de imagem complementares: Angiotomografia Computadorizada com fase venosa (ATC-v), Venografia Mutiplanar (VM) e Ultrassom Endovascular (UE-IVUS). Será avaliada a resposta clínica a longo prazo, a manutenção da perviedade e integridade do stent, a existência de correlação entre o estado clínico, os métodos de imagem complementares e a ultrassonografia intravascular (IVUS) no diagnóstico de recidiva de obstruções no território ilíaco-cavo tratado. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.