Busca avançada
Ano de início
Entree

Inibidores de checkpoint imunológico: imunofenotipagem e desfecho clínico para predição de resposta no Hospital de Câncer de Barretos

Processo: 19/07111-9
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de maio de 2021 - 30 de abril de 2026
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Lidia Maria Rebolho Batista Arantes
Beneficiário:Lidia Maria Rebolho Batista Arantes
Instituição Sede: Hospital do Câncer de Barretos. Fundação Pio XII (FP). Barretos , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Ana Carolina de Carvalho Peters ; André Lopes Carvalho ; Matias Eliseo Melendez ; Pedro Rafael Martins De Marchi ; Robert Louis Ferris ; Rui Manuel Vieira Reis ; Vinicius de Lima Vazquez
Bolsa(s) vinculada(s):23/12251-0 - Além das fronteiras terapêuticas no melanoma: desvendando biomarcadores e estratégias para potencializar a imunoterapia, BP.PD
24/03967-4 - Análise do Potencial Preditivo de Marcadores Histopatológicos na Resposta à Imunoterapia em Pacientes com Melanoma, BP.IC
22/16387-0 - Inibidores de checkpoint imunológico: imunofenotipagem e desfecho clínico para predição de resposta no Hospital de Câncer de Barretos, BP.TT
+ mais bolsas vinculadas 22/14338-2 - Inibidores de checkpoint imunológico: imunofenotipagem e desfecho clínico para predição de resposta no Hospital de Câncer de Barretos, BP.TT
22/05134-4 - Inibidores de checkpoint imunológico: imunofenotipagem e desfecho clínico para predição de resposta no Hospital de Câncer de Barretos, BP.TT
21/10818-7 - Inibidores de checkpoint imunológico: imunofenotipagem e desfecho clínico para predição de resposta no Hospital de Câncer de Barretos, BP.TT
21/08352-0 - Inibidores do checkpoint imunológico: biomarcadores para predição de resposta em pacientes com Câncer de Pulmão de células não pequenas, BP.DD
21/04100-6 - Inibidores de checkpoint imunológico: imunofenotipagem e desfecho clínico para predição de resposta no Hospital de Câncer de Barretos, BP.JP - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Imunologia  Imunofenotipagem  Imuno-oncologia  Checkpoint imunológico 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:imunofenotipagem | imunologia tumoral | Imunoterapia Oncológica | Inibidores de checkpoint imunológico | Imunoterapia Oncológica

Resumo

A imunoterapia contra o câncer baseia-se na premissa de que os tumores podem ser reconhecidos e atacados por um sistema imunológico ativado. No entanto, as células tumorais desenvolvem mecanismos para burlar o reconhecimento imune e a resposta. Os checkpoints imunológicos modulam a homeostase de sinais co-estimulatórios e co-inibitórios, que são críticos para manter a tolerância imunológica, além de modular as respostas imunes fisiológicas. Porém, apesar da alta taxa de resposta à imunoterapia, alguns pacientes são refratários à terapia ou adquirem resistência. Assim, a caracterização imune do microambiente tumoral que impulsionam ou impedem respostas efetivas à terapia, é fundamental para a compreensão e expansão do uso da imunoterapia. Investigar marcadores imunológicos capazes de distinguir pacientes respondedores de não-respondedores à terapia com inibidores de checkpoint imunológico em portadores de melanoma avançado e carcinoma de pulmão de células não-pequenas (NSCLC). Serão selecionados 100 pacientes que realizaram tratamento imunoterápico com anti-PD-1/PD-L1 ou anti-CTLA-4. O perfil imunofenotípico dos inibidores de checkpoints imunológicos será avaliado em linfócitos T de sangue periférico e linfócitos infiltrantes de tumor (TIL) através de citometria de fluxo. O perfil de expressão de genes relevantes para a resposta imune ao câncer será analisado em amostras de tumor (parafina e células CD45 negativas), utilizando-se o painel PanCancer IO 360 Gene Expression Panel, na plataforma nCounter NanoString. O perfil de expressão dos linfócitos (provenientes de sangue e tumor), material parafinado (contendo tumor + TIL) e células CD45 negativas serão correlacionados com os dados demográficos, clínicos, histopatológicos e principalmente à resposta terapêutica e sobrevida dos pacientes. Essencial como plataforma para esse e estudos posteriores será o aprimoramento e implementação do modelo in vitro de exaustão de linfócitos T, que será realizado por estimulações sequenciais com CD3/CD28 dynabeads. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TOSTES, KATIANE; SIQUEIRA, ALEXIA POLO; REIS, RUI MANUEL; LEAL, LETICIA FERRO; ARANTES, LIDIA MARIA REBOLHO BATISTA. Biomarkers for Immune Checkpoint Inhibitor Response in NSCLC: Current Developments and Applicability. INTERNATIONAL JOURNAL OF MOLECULAR SCIENCES, v. 24, n. 15, p. 18-pg., . (21/08352-0, 21/04100-6, 19/07111-9)
SORROCHE, BRUNA PEREIRA; TEIXEIRA, RENAN DE JESUS; PEREIRA, CAIO AUGUSTO DANTAS; SANTANA, IARA VIANA VIDIGAL; VUJANOVIC, LAZAR; VAZQUEZ, VINICIUS DE LIMA; ARANTES, LIDIA MARIA REBOLHO BATISTA. PD-L1 Tumor Expression as a Predictive Biomarker of Immune Checkpoint Inhibitors' Response and Survival in Advanced Melanoma Patients in Brazil. DIAGNOSTICS, v. 13, n. 6, p. 11-pg., . (19/03570-9, 21/04100-6, 19/07111-9, 21/10922-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.