Busca avançada
Ano de início
Entree

Caminhos para prenhez embrionária

Resumo

As vias e processos biológicos associados à determinação da competência, e sucesso da obtenção da prenhez embrionária ainda permanecem desconhecidos. A presente proposta tem como objetivo elucidar estratégias e entender os mecanismos envolvidos na competência de embriões bovinos produzidos in vitro (PIV) em uma abordagem de investigação holística. Em uma série de três experimentos, buscaremos: 1) identificar genes diferencialmente expressos (GDE) entre as células da massa celular interna (MCI) e do trofoectoderma (TE) oriundas de embriões que resultaram em prenhezes positivas e negativas para o estabelecimento do perfil transcricional e de vias facilitadoras da prenhez de acordo com o tipo celular; 2) entender o papel funcional de genes facilitadores da prenhez de acordo com o do tipo celular (MCI e TE) ao longo do desenvolvimento embrionário inicial; e 3) Elaborar um meio de cultivo embrionário que favoreça a ativação de moléculas e vias facilitadoras da prenhez para aperfeiçoar o sistema de produção in vitro de embriões. Para análise estatística, modelos uni e multivariados de dados serão utilizados com o auxílio de softwares estatísticos robustos capazes de avaliar uma grande quantidade de dados e fornecer respostas contundentes as hipóteses testadas. Será adotado o nível de significância de 5% (P<0,05). Ao final do projeto, uma análise compreensiva e reflexiva dos resultados será realizada para o estabelecimento dos caminhos moleculares determinantes da competência embrionária assim como o estabelecimento de estratégias para o aumento da eficiência da biotécnica de produção in vitro visando garantir o sucesso da obtenção da prenhez embrionária, ampliar a disseminação do uso do embrião PIV no manejo reprodutivo de fazendas, e potencializar a produção de proteína animal. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio: