Busca avançada
Ano de início
Entree

Teste preditivo para medicação bem sucedida em pacientes com esquizofrenia no momento do diagnóstico

Resumo

Medicamentos antipsicóticos são o principal tratamento da esquizofrenia. No entanto, quase metade dos pacientes não respondem adequadamente a estes medicamentos, e a maioria dos indivíduos afetados pela doença desiste do tratamento devido aos severos efeitos colaterais. Consequentemente, as funções mentais agravam-se, tornando os pacientes incapazes de viver em sociedade permanentemente. Pretendemos, através deste projeto, estabelecer um teste comercialmente viável que prediga a eficácia da resposta ao tratamento com antipsicóticos em pacientes com esquizofrenia, antes do início do tratamento. A utilização deste teste permitirá uma melhor escolha do medicamento logo no início do tratamento, o que levará à melhoria dos sintomas, diminuindo o tempo de debilidade que a doença costuma impor, além de contribuir para a redução da severidade da doença. Tal produto é inexistente no mercado e não temos, atualmente, concorrentes neste ramo, considerando que a grande maioria dos estudos de biomarcadores em psiquiatria concentram-se no diagnóstico deste distúrbio. Este produto tem a possibilidade de ofertar uma solução inovadora aos pacientes e seus psiquiatras, permitindo maior qualidade de vida derivada de prescrições bem-sucedidas desde o início. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)