Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese de gonadotrofina coriônica humana recombinante em células CHO e HEK-293, purificação e caracterização físico-química

Processo: 20/10435-8
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2021 - 31 de maio de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Carlos Roberto Jorge Soares
Beneficiário:Carlos Roberto Jorge Soares
Instituição Sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Cibele Nunes Peroni ; Giuseppe Palmisano ; João Ezequiel de Oliveira ; Patrícia Léo
Assunto(s):Gonadotrofina coriônica  Proteínas recombinantes  Células HEK293  Células CHO  Cultura de células 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:células HEK-293 | Cho | cultura celular | gonodotrofina coriônica | hCG | proteína recombinante | síntese de hormônio recombinante

Resumo

A gonadotrofina coriônica humana (hCG) é um hormônio glicoproteico produzido por células do tecido sinciciotrofoblasto do córion, uma porção da placenta, durante a gestação. A massa molecular média do hCG é 37,18 kDa, e corresponde a duas subunidades, ± e ², de 92 e 145 resíduos de aminoácidos, respectivamente, acrescidas de glicanos covalentemente ligados. A subunidade ± (comum para o hTSH, hFSH e hLH) possui dois sítios de N-glicosilação, enquanto a ² dois sítios com N-glicosilação e quatro com O-glicosilação. O hCG promove a fixação do embrião no endométrio e a produção de progesterona pelo corpo lúteo. É uma proteína terapêutica utilizada em tratamentos de criptorquidia, hipergonadismo masculino e principalmente em fertilização assistida. As preparações terapêuticas disponíveis no mercado provêm de hCG purificado a partir de urina de mulheres grávidas ou na forma recombinante (rhCG), obtido em cultivo de células CHO (células de ovário de hamster chinês). Este trabalho propõe realizar a síntese do hCG por expressão transiente em células CHO e HEK-293, purificar e caracterizar o hormônio obtido por métodos físico-químicos e biológicos. Serão avaliadas três linhagens: uma cepa CHO e outra HEK-293, ambas comerciais; e uma cepa CHO desenvolvida em nosso laboratório. As estruturas dos glicanos serão estudadas e comparadas com as apresentadas por uma hCG referência ou obtida de produto comercial. Para isso está previsto a implantação de metodologias baseadas em análises cromatográficas e espectrometria de massas, em colaboração com outras instituições de São Paulo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)