Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação de novos aspectos genéticos, clínicos e anatomopatológicos da hipertensão arterial de origem endócrina

Resumo

A hipertensão arterial (HA) é um importante fator de risco cardiovascular, que acomete de 10 a 40% da população adulta em países industrializados. A HA é primária ou essencial na maior parte dos casos, contudo a prevalência de HA secundária aumenta para aproximadamente 30% em adultos jovens. Dentre os pacientes com HA resistente, está indicado o rastreamento para hiperaldosteronismo primário (HP) e tumores secretores de catecolaminas (feocromocitomas e paragangliomas - PPGLs). O HP constitui a causa mais frequente de HA endócrina, com prevalência de até 20% entre os hipertensos resistentes. Nesse projeto temático, investigaremos novos aspectos genéticos, clínicos e anatomopatológicos da HA secundária de origem endócrina. Os objetivos específicos são: 1) Investigar novas causas genéticas etiologia genética do HP por sequenciamento paralelo em larga escala (SPLE); 2) Avaliar o teste da furosemida oral como nova ferramenta no diagnóstico do HP; 3) Definir novos critérios para o diagnóstico anatomopatológico do HP; 4) Caracterizar os aspectos clínicos e genéticos da associação entre HP e câncer de tireóide, que pode representar uma nova síndrome de tumores endócrinos ; 5) Investigar novas causas genéticas dos PPGLs por SPLE; e 6) Conduzir um estudo clínico randomizado para avaliar as características preditivas de eventos cardiovasculares no incidentaloma adrenal associado com secreção autônoma de cortisol. Para conduzir os projetos, contamos com uma equipe multidisciplinar com expertise em HA endócrina das áreas de endocrinologia, cardiologia, nefrologia, patologia e bioinformática. Com essa proposta, esperamos expandir o conhecimento sobre a patogênese molecular, o diagnóstico clínico e anatomopatológico da HA endócrina, ampliando as ferramentas disponíveis para o diagnóstico e manejo dos pacientes na prática clínica. Adicionalmente, os resultados permitirão a formação de uma sólida plataforma de dados genéticos, clínicos e anatomopatológicos da HA endócrina com importantes repercussões médicas e acadêmicas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)