Busca avançada
Ano de início
Entree

Integrando genomas, química e comportamento em vespas solitárias neotropicais

Processo: 21/03040-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2021 - 31 de agosto de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Convênio/Acordo: NERC, UKRI
Pesquisador responsável:Fábio Santos do Nascimento
Beneficiário:Fábio Santos do Nascimento
Pesq. responsável no exterior: Seirian Sumner
Instituição no exterior: University College London (UCL), Inglaterra
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Cintia Akemi Oi ; Marco Antonio Del Lama
Vinculado ao auxílio:18/10996-0 - Evo-Devo perspectiva sobre a divisão reprodutiva do trabalho em vespas, AP.R
Assunto(s):Insetos  Vespas  Evolução molecular  Ecologia comportamental  Comportamento social  Organização social 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Evolução do comportamento social | evolução molecular | Ecologia comportamental

Resumo

Insetos sociais exemplificam a transição na evolução e mostram como organismos cooperativos podem alcançar níveis mais altos de organização social. De forma a obter maior entendimento da organização social. Nós pretendemos obter um entendimento mais aprofundado da regulação molecular que direciona as transições comportamentais em vespas. Este projeto integrará mecanismos proximais que promovem a evolução da socialidade em vespas, por meio do estudo das origens ancestrais do comportamento pre-social e sua importância nos estágios iniciais da socialidade. Os mecanismos moleculares de sustentação dos ciclos de nidificação em espécies solitárias fornecem as bases para a evolução da dicisão de trabalho em vespas sociais e o aprovisionamento progressivo como uma preadaptação ao cuidado maternal. Nós utilizaremos as vespas solitárias que ocorrem no Brasil para explorar esta base molecular das transições comportamentais e evolutivas. Com base no genoma, transcriptoma e maquinaria quimiossensorial, nós pretendemos comparar os tratos genômicos dos aprovisionamentos massal e progressivo e testar a hipótese que o aprovisionamento massal seja um precursor do cuidado maternal. Mais especificamente, nós predizemos que os processos moleculares exclusivos do aprovisionamento progressivo (oposto ao aprovisionamento massal) será importante na regulação do comportamento forrageador em espécies eussociais, especialmente naquelas que representam os primeiros estágios da evolução social (e.g. Polistes). Este projeto proporcionará uma nova colaboração e ajudará no entendimento das origens ancestrais do comportamento pre-social e como a divisão do trabalho evoluiu e como está regulado. A equipe brasileira fornecerá os sítios/expertise do campo e as observações brasileiras, know-how das análises químicas enquanto a equipe brasileira fornecerá a expertise dos métodos moleculares e a bioinformática. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)