Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo para substituição de corantes artificiais por carotenoides de frutas brasileiras: respostas tecnológicas inovadoras para aplicações em alimentos

Resumo

Exigências do consumidor para aquisição de alimentos industrializados tem se tornado cada vez maiores, especialmente quando se trata do uso de aditivos alimentares, sendo uma tendência crescente a busca por alimentos "clean label" e/ou 100% naturais. Nesse contexto, a demanda por alternativas aos corantes sintéticos tem se tornado premente. Para alcançar esse objetivo, diferentes estratégias são traçadas visando a aplicação dos corantes naturais em alimentos industrializados, com a finalidade de manter a estabilidade e a cor sob condições adversas dos processamentos industriais. O desenvolvimento de novos métodos de extração em substituição a utilização de solventes orgânicos voláteis é uma das tendências para obtenção de extratos de pigmentos naturais. Desta forma, o objetivo deste projeto é obter extratos de carotenoides do pequi (Caryocar brasiliense) para substituição do corante sintético amarelo tartrazina e da pitanga (Eugenia uniflora) para substituição do vermelho 40, através de métodos de alta performance de extração utilizando líquidos iônicos como extratores "verdes". Para isso, serão testados quatro líquidos iônicos (LIs), dois de origem comercial e dois sintetizados em laboratório, sendo os dois melhores selecionados para a otimização da extração empregando a técnica de planejamento experimental e superfície de resposta. A avaliação quali e quantitativa dos extratos de carotenoides obtidos será realizada por HPLC-PAD-MS/MS, e avaliados quanto a sua atividade antioxidante e estabilidade térmica. Os métodos de extração serão otimizados visando o reuso e recuperação dos LIs e posteriormente, aplicados em sistemas modelo de nanocápsulas e biotintas para impressão 3D. Os produtos obtidos serão caracterizados e avaliados quanto a estabilidade da cor, bioacessibilidade e uptake em modelo celular (CACO2). O conjunto desses resultados permitirá definir se os extratos de carotenoides de Pequi e de Pitanga são alternativas eficientes para substituir os corantes artificiais amarelo tartrazina e vermelho 40. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)