Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de plataforma microbiana para a produção de enzimas industriais

Processo: 20/13845-2
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de dezembro de 2021 - 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Lucas Salera Parreiras
Beneficiário:Lucas Salera Parreiras
Empresa Sede:Apexzymes Biotecnologia Ltda
CNAE: Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Atividades profissionais, científicas e técnicas não especificadas anteriormente
Município: Holambra
Pesquisadores principais:
Lucas Miranda Fonseca
Pesquisadores associados: Alexandre Antunes Parreiras Bastos
Bolsa(s) vinculada(s):21/14845-9 - Desenvolvimento de plataforma microbiana para a produção de enzimas industriais, BP.PIPE
21/14843-6 - Desenvolvimento de plataforma microbiana para a produção de enzimas industriais, BP.PIPE
Assunto(s):Engenharia genética  Manipulação genética  Indústria de alimentos  Produção de enzimas  Enzimas  Catalisadores 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:engenharia genética | enzimas | Plataforma Fúngica | Engenharia Genética de Fungos Para a Produção de Enzimas

Resumo

A demanda por enzimas industriais tem crescido de maneira constante nas últimas décadas. Dentre os fatores determinantes para tal, estão a ampliação do leque de aplicações destes biocatalisadores e a crescente busca por materiais e produtos que permitam um crescimento econômico sustentável do ponto de vista ambiental. Neste contexto, tecnologias para a produção de enzimas em escala industrial se tornam um importante ativo econômico. Atualmente, o mercado global de enzimas é avaliado em aproximadamente US$ 5 bilhões por ano, tendo o Brasil um papel de destaque como um dos mercados consumidores com maior potencial de expansão. Entretanto, a participação de empresas brasileiras no setor de produção de enzimas é virtualmente nula, sendo este dominado por um pequeno número de empresas estrangeiras. Neste projeto de pesquisa, propõe-se o desenvolvimento de uma tecnologia nacional para a produção de enzimas voltadas para a indústria alimentícia. Para isto, uma linhagem de fungo filamentoso será geneticamente modificada, visando-se o desenvolvimento de uma plataforma hiperprodutora de enzimas. Dentre os principais obstáculos técnico-científicos a serem transpostos para o êxito deste projeto estão (i) a implementação de um método eficiente para a manipulação genética do microrganismo que não comprometa a liberdade de operação da plataforma desenvolvida, (ii) a identificação de modificações genéticas que, em conjunto, aumentem significativamente a produção enzimática do microrganismo e que não sejam protegidas por propriedade intelectual, (iii) a produção de maneira eficiente de uma enzima utilizada na indústria alimentícia. Com o objetivo de demonstrar a superação dos desafios acima citados e a consequente viabilidade técnica do projeto proposto, será estabelecida como meta específica para esta primeira fase do programa PIPE, o desenvolvimento de um microrganismo capaz de produzir ao menos 4 g/L de uma enzima com aplicação na indústria alimentícia. A obtenção dos resultados almejados e a eventual utilização da tecnologia desenvolvida para a produção de enzimas em escala industrial possibilitarão a inserção de uma empresa brasileira em um importante mercado até então inexplorado. Além de diminuir a dependência do país na importação destes insumos, o desenvolvimento de uma tecnologia nacional para a produção de enzimas tem o potencial de reduzir custos e possibilitar a produção de produtos que atendam demandas específicas do país, beneficiando a sociedade brasileira como um todo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Tecnologia pode possibilitar produção de enzimas no Brasil  
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)