Busca avançada
Ano de início
Entree

Bioquímica comparativa do veneno de abelhas do gênero Apis (Hymenoptera, Apidae):estudo da variabilidade proteica/enzimática

Processo: 93/04620-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 1994 - 31 de dezembro de 1995
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Márcia Regina Brochetto Braga
Beneficiário:Márcia Regina Brochetto Braga
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Venenos  Apis mellifica 

Resumo

São reconhecidas cerca de 24 subespécies de Apis mellifera, sendo que todas elas exibem diferenças refletidas tanto na morfologia, fisiologia, no comportamento de "defesa, como também (por resultados recentes) na composição do veneno, qualitativa e quantitativamente, implicando isto em diferenças ao nível de ação do mesmo. Neste trabalho, em comparação aos nossos dados já obtidos por análises cromatográficas será realizado um estudo bioquímico comparativo entre os principais "componentes alergênicos dos venenos de quatro subespécies de Apis mellifera (ligustica, carnica, adansonii e africanizada) a fim de se estimar o grau de variabilidade protéica / enzimática dos mesmos, em géis de poliacrilamida, de modo a 1) se fornecer subsídios para uma melhor compreensão da ocorrência e intensidade das reações clínicas e imunológicas causadas por estes venenos; 2) auxiliar no estabelecimento das relações filogenéticas das subespécies de Apis mellifera. (AU)