Busca avançada
Ano de início
Entree

Diptera da Mata Atlântica: taxonomia, endemismo e biogeografia

Processo: 21/08713-2
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2021 - 31 de agosto de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Convênio/Acordo: CNPq
Pesquisador responsável:Dalton de Souza Amorim
Beneficiário:Dalton de Souza Amorim
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biogeografia  Diptera  Insecta  Endemismo  Sistemática  Mata Atlântica  Região neotropical  Biodiversidade 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Biogeografia | Diptera | Insecta | Mata Atlântica | Sistematica | Taxonomia | Diptera

Resumo

Apesar de estimativas indicarem a existência de cerca de 1,6 milhão de espécies de Diptera, atualmente são conhecidas na região Neotropical apenas 31.000 de um total de 160.000 para o mundo (~20%). Estima-se que o Neotrópico seja uma das regiões mais diversas em espécies, o que demanda para seu estudo investimento em pesquisas em taxonomia. Neste sentido, a formação contínua de especialistas nos diferentes grupos de Diptera, capacitados a realizar trabalhos de qualidade e robustez em atividades como revisões de espécies, levantamento de fauna e estudos de padrões de diversidade apresenta grande relevância. Ao mesmo tempo, a adição de dados moleculares em grupos poucos explorados desse ponto de vista, possui potencial para revelar diversidade oculta e propiciar um conhecimento mais profundo da biodiversidade. Nesse contexto, essa proposta visa incrementar nosso conhecimento acerca da taxonomia de Diptera em um hotspot de biodiversidade, a Mata Atlântica. Será triado e estudado material de diferentes famílias de Diptera com as quais trabalham os integrantes do Laboratório de Morfologia e Evolução de Diptera e membros colaboradores da proposta (Bombyliidae, Chloropidae, Drosophilidae, Lauxaniidae, Milichiidae, Mycetophilidae, Rhagionidae, Tabanidae, Stratiomyidae e Xylomyidae). Especial enfoque será dado as famílias Stratiomyidae e Tabanidae. Essas duas famílias têm interesse econômico, forense e ecológico, com destaque para hematofagia em adultos de Tabanidae e o hábito decompositor de matéria orgânica vegetal e animal dos imaturos de Stratiomyidae. Ao mesmo tempo, apesar de ambas as famílias serem constituídas por insetos conspícuos e bem conhecidos, devido ao seu grande número de espécies no mundo (4.400 espécies para Tabanidae e 2.800 para Stratiomyidae) e ampla distribuição, associado com o baixo número de especialistas, resultam na existência de muitas lacunas sobre o conhecimento da biodiversidade de ambas as famílias. Muitos gêneros carecem de revisão e muitos estados brasileiros não possuem registro de uma única espécie sequer da família, de forma que apesar de alguns trabalhos importantes terem sido feitos com as famílias nos últimos anos, muito ainda permanece por ser feito. Um refinamento nos dados de duas famílias com ampla distribuição e número abundante de espécies também será importante para a obtenção de hipóteses de endemismo para a Mata Atlântica, uma área de pesquisa em andamento pelo proponente dessa proposta com importantes publicações nos últimos anos. Por fim, o uso de dados moleculares aplicado às espécies de difícil identificação apenas por morfologia, tem potencial para distinguir espécies crípticas dentro dessas famílias, propiciando importante avanço em sua taxonomia. Essa proposta dá continuidade as linhas de pesquisas envolvendo a sistemática e evolução das duas famílias, desenvolvidas durante o doutoramento de dois pesquisadores que atuarão como pós-doutorandos no laboratório com a aprovação da proposta. No contexto do projeto os dois pós-doutorandos atuarão na formação de estudantes de graduação. O envolvimento de novos doutores no treinamento de estudantes é um importante processo para a formação de novos taxonomistas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GREENWALT, DALE; AMORIM, DALTON; HAUSER, MARTIN; KERR, PETER; FITZGERALD, SCOTT; WINTERTON, SHAUN; CUMMING, JEFFREY; EVENHUIS, NEAL; SINCLAIR, BRADLEY. Diptera of the Middle Eocene Kishenehn Formation II. PALAEONTOLOGIA ELECTRONICA, v. N/A, p. 52-pg., . (16/50369-9, 21/08713-2)
AMORIM, DALTON DE SOUZA; OLIVEIRA, SARAH SIQUEIRA; DO CARMO, DANIEL DIAS DORNELAS; RIBEIRO, GUILHERME CUNHA. The oldest Gondwanan fossil of Leiinae (Diptera, Mycetophilidae): Phylogenetic and evolutionary implications. CLADISTICS, v. N/A, p. 15-pg., . (21/08713-2, 16/50369-9, 20/02844-5)
PAULA RAILE RICCARDI; DIEGO AGUILAR FACHIN; ROSALY ALE-ROCHA; EDNA MARIA AMARAL; DALTON DE SOUZA AMORIM; LEONARDO HENRIQUE GIL-AZEVEDO; RENATO SOARES CAPELLARI; DANIEL DIAS DORNELAS DO CARMO; CLAUDIO JOSÉ BARROS DE CARVALHO; GUSTAVO BORGES FERRO; et al. Checklist of the dipterofauna (Insecta) from Roraima, Brazil, with special reference to the Brazilian Ecological Station of Maracá. Papéis Avulsos de Zoologia (São Paulo), v. 62, . (16/50369-9, 21/08713-2, 13/16524-9, 18/14504-4, 16/02475-4, 14/05793-1, 12/12843-0, 12/23200-2)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.