Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da dinâmica óssea de uma superfície de implante revestida com odanacatib através das análises molhabilidade, topográfica, cultura de células, biomecânica, microtomografia computadurizada, histomorfométrica, biocompatibilidade e imunoistoquímica

Resumo

Atualmente, estudos encontrados na literatura promovem o sucesso da osseointegração relacionado ao tratamento da superfície de implantes de titânio. Direcionando a desafios de encontrar componentes químicos que promovam alterações em pró do processo de neoformação óssea. No entanto, ainda há necessidade de melhorar a tecnologia desses materiais visando a regeneração óssea precoce. Com isso, tem-se que o objetivo deste trabalho é avaliar a dinâmica da resposta óssea de uma superfície modificada por duplo ataque ácido, modificado por ácido mais Solução de Fluidos Corpóreos (SBF) e modificada pelo princípio ativo Odanacatib, na concentração de 0,86mg/L, pelo método biomimético em modelo padronizado em tíbia de rato. Para isso, serão destinados 144 ratos machos (Rattus novergicus albinus Wistar) e 288 implantes de titânio comercialmente puro de 1,6 de diâmetro e 3,0 mm de altura, sendo 96 com superfície de duplo ataque ácido (GC), sendo 96 com superfície modificada por duplo ataque ácido e SBF (GX) 96 com superfície modificada a base de Odanacatib (GO) pelo método biomimético de modificação de superfície que serão instalados nas tíbias de ratos. Os períodos de eutanásia para a coleta das tíbias serão 15 e 40 dias. Para a análise de cultura de células serão destinados 18 ratos wistar machos (Rattus novergicus albinus Wistar) e serão utilizados 108 discos de titânio de 0,5 cm de diâmetro e 0,3 cm de altura para 24 poços, sendo 36 com superfície de duplo ataque ácido (GCC), 36 com superfície modificada por SBF (GXC) e 36 com superfície modificada a base de Odanacatib (GOC) pelo método biomimético de modificação de superfície. Para a análise subcutânea serão destinados 48 ratos (Rattus novergicus albinus Wistar) e serão utilizados 96 discos de titânio de 0,5 cm de diâmetro e 0,3 cm de altura, sendo 32 com superfície de duplo ataque ácido (GCS), 32 com superfície modificada por SBF(GXS) e 32 com superfície modificada a base de Odanacatib (GOS) pelo método biomimético de modificação de superfície que serão instalados 2 discos por animal no tecido subcutâneo nas regiões extremas do dorso do animal, em que a coleta das amostras de tecido subcutâneo serão 3 e 7dias. Os espécimes serão submetidos à análise de molhabilidade, topográfica, cultura de células, biomecânica, microtomografia computadorizada, histológica, histométrica e imunoistoquimica. Por fim, os dados quantitativos dos grupos estudados serão submetidos a análise estatística, adotando o nível de significância p < 0,05. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)