Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da neuroinflamação e da participação do eixo intestino-cérebro na mielinização em modelo de anóxia neonatal em roedores combinado à inflamação perinatal por ativação imune materna

Processo: 20/16268-6
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2022 - 31 de julho de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Silvia Honda Takada
Beneficiário:Silvia Honda Takada
Instituição Sede: Centro de Matemática, Computação e Cognição (CMCC). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Asfixia neonatal  Recém-nascido de baixo peso  Doenças do sistema nervoso  Neuroinflamação  Mielinização  Transtorno do espectro autista 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:asfixia perinatal | Mielinização | Neuroinflamação | Neuroinflamação

Resumo

A privação de oxigênio ao nascimento, conhecida clinicamente como anóxia neonatal ou asfixia perinatal, é considerada uma das maiores causas de óbitos neonatais no mundo e um dos principais fatores de risco para diversas desordens do neurodesenvolvimento nos indivíduos que sobrevivem a esta condição, gerando considerável impacto na saúde pública. Um dos principais grupos de risco para ocorrência da anóxia neonatal são os prematuros com baixo peso ao nascimento, sendo que, na maioria dos casos, o nascimento prematuro é desencadeado por inflamação materna. Modelos de ativação imune materna (AIM) em roedores mostraram importantes alterações comportamentais condizentes com algumas doenças do neurodesenvolvimento, como o transtorno do espectro autista (TEA) e acreditamos que a sensibilização causada pela AIM possa potencializar os efeitos da anóxia neonatal em nosso modelo em roedores já validado e bem estabelecido, que mimetiza a privação de oxigênio em indivíduos prematuros. Além disso, sendo ambos estímulos sistêmicos, acreditamos que possa haver alterações na permeabilidade da barreira intestinal decorrente da neuroinflamação e, baseado nos recentes avanços dos estudos da participação do eixo intestino-cérebro nos processos inflamatórios, tais alterações potencializariam ainda mais os efeitos deletérios da neuroinflamação. Portanto, com a finalidade de se estabelecer a compreensão dos mecanismos que levam às alterações moleculares, celulares, histológicas e cognitivas observadas como sequelas da anóxia neonatal, a hipótese deste projeto é que modificações a nível intestinal ocasionados pelo estímulo anóxico em conjunto à inflamação perinatal influenciam na persistência e aumento do processo inflamatório estabelecido no SNC, alterando importantes processos do neurodesenvolvimento, como a mielinização, refletindo em alterações do comportamento condizentes com o TEA. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FABRES, RAFAEL BANDEIRA; CARDOSO, DEBORA STERZECK; ARAGON, BRIAN ARANIBAR; ARRUDA, BRUNA PETRUCELLI; MARTINS, PAMELA PINHEIRO; IKEBARA, JULIANE MIDORI; DROBYSHEVSKY, ALEXANDER; KIHARA, ALEXANDRE HIROAKI; DE FRAGA, LUCIANO STURMER; NETTO, CARLOS ALEXANDRE; et al. Consequences of oxygen deprivation on myelination and sex-dependent alterations. Molecular and Cellular Neuroscience, v. 126, p. 11-pg., . (20/16268-6)
MARINHO, LUCIANA SIMOES RAFAGNIN; CHIARANTIN, GABRIELLY MARIA DENADAI; IKEBARA, JULIANE MIDORI; CARDOSO, DEBORA STERZECK; DE LIMA-VASCONCELLOS, THEO HENRIQUE; HIGA, GUILHERME SHIGUETO VILAR; FERRAZ, MARIANA SACRINI AYRES; DE PASQUALE, ROBERTO; TAKADA, SILVIA HONDA; PAPES, FABIO; et al. The impact of antidepressants on human neurodevelopment: Brain organoids as experimental tools. SEMINARS IN CELL & DEVELOPMENTAL BIOLOGY, v. 144, p. 10-pg., . (19/17892-8, 20/16268-6, 20/11451-7, 20/02035-0, 21/11969-9, 20/11667-0, 19/15024-9, 16/17329-3)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.