Busca avançada
Ano de início
Entree

PANEX-YOUTH - Adaptações de jovens em comunidades pobres para sobreviver e recuperar da COVID-19 e de restrições associadas

Processo: 21/07399-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2022 - 31 de março de 2024
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Convênio/Acordo: Trans-Atlantic Platform for the Social Sciences and Humanities
Pesquisador responsável:Leandro Luiz Giatti
Beneficiário:Leandro Luiz Giatti
Pesq. responsável no exterior: Stuart Paul Denoon Stevens
Instituição no exterior: University of the Free State, Bloemfontein (UFS), África do Sul
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Lira Luz Benites Lazaro ; Susanne Boerner
Assunto(s):Ciências sociais  Pandemias  COVID-19  Jovens  Adaptabilidade  Resiliência psicológica  Planejamento ambiental  Sustentabilidade 

Resumo

Embora os jovens tenham sido menos afetados pelos danos à saúde decorrentes da COVID-19 do que os grupos etários mais velhos, a sua subsistência, abrigo e educação têm sido significativamente afetados pelas políticas de prevenção e contenção da pandemia. A capacidade adaptativa dos jovens e das suas famílias para responder às perturbações desencadeadas pela pandemia e as respostas políticas associadas modulam significativamente a medida em que os jovens nos aglomerados urbanos podem se "recuperar melhor" no futuro. Assim, o lugar e as condições de vida dos mais vulneráveis têm estado intrinsecamente ligados à propagação do vírus, contaminação e morte. Este projeto procura utilizar uma metodologia de pesquisa-ação para compreender como os jovens (10-24 anos) que vivem em agregados familiares de baixos rendimentos se adaptaram à vida sob a pandemia, as tácticas utilizadas para recuperar (tanto temporárias como permanentes), e o seu legado num contexto pós-pandémico. Para além da compreensão, exploramos as potencialidades de capacitação dos jovens na procura de novos caminhos, parcerias e "acoplamentos estruturais". O nosso foco temático será os meios de subsistência, abrigo e educação, com um interesse específico em adaptações no ambiente construído. Procuramos compreender isto através de um duplo enfoque: as experiências vividas por diversos jovens e os conhecimentos de organizações não governamentais sem fins lucrativos que se concentram a interagir com este grupo etário. Centramo-nos em estudos de casos em três locais: Free State na África do Sul, West Midlands no Reino Unido, e São Paulo no Brasil. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)