Busca avançada
Ano de início
Entree

Usando jogos experimentais para compreender decisões uso de recursos naturais na Mata Atlântica do São Paulo

Processo: 21/13735-5
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 06 de fevereiro de 2023 - 05 de junho de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Pesquisador responsável:Pedro Henrique Santin Brancalion
Beneficiário:Pedro Henrique Santin Brancalion
Pesquisador visitante: Carl Salk
Inst. do pesquisador visitante: Swedish University of Agricultural Sciences, Uppsala (SLU), Suécia
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/18416-2 - Compreendendo florestas restauradas para o benefício das pessoas e da natureza - NewFor, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Reflorestamento  Restauração ecológica  Restauração florestal  Jogos  Intercâmbio de pesquisadores  Colaboração científica 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Experimentos comportamentais | Incentivos ambientais | Jogos | reflorestamento | restauração de ecossistemas | Uso de recursos naturais | Restauração Florestal

Resumo

Nas últimas décadas, a Mata Atlântica do Brasil passou por uma reviravolta dramática: de um dos hotspots de biodiversidade mais ameaçados do mundo para níveis recorde de crescimento florestal quase sem desmatamentos novos. No entanto, consolidar esses ganhos requer permitir que novas florestas amadureçam sem serem desmatadas novamente. Várias intervenções, desde multas até esquemas de pagamentos por serviços ambientais, têm sido propostas para encorajar os pequenos proprietários rurais da região a permitir que as terras sob seu manejo se regenerem e se transformem em florestas maduras. Pesquisar quais tipos de intervenções têm maior probabilidade de serem eficazes é complicado. O método mais confiável seria testes de campo em larga escala com diferentes abordagens e com monitoramento de impactos de longo prazo. Infelizmente, esse tipo de trabalho é caro e devagar. Questionários são uma alternativa de baixo custo, mas os usuários dos recursos naturais rurais poderiam dar respostas que eles acham que os pesquisadores preferem ouvir, e poderiam nem mesmo ter uma opinião formada sobre as intervenções com as quais não têm experiência. Os experimentos comportamentais são uma ferramenta que fornece mais realismo do que os questionários a um custo muito menor do que os testes em escala real. Eles também dariam aos usuários de recursos naturais a chance de participar em uma atividade divertida centrada em um dilema de ação coletiva com pequenos, mas reais benefícios monetários. Esta proposta de pesquisa será uma colaboração entre o Prof. Pedro Brancalion do Departamento de Ciências Florestais da ESALQ e o Prof. Associado Carl Salk da Faculdade de Florestas da Universidade de Ciências Agrárias da Suécia. O Prof. Brancalion é o PI do projeto NewFor, financiado pela FAPESP, que busca desenvolver melhores métodos, políticas e instrumentos de apoio jurídicos e de mercado para promover a restauração florestal em larga escala na região da Mata Atlântica. O Dr. Salk é um líder reconhecido no desenvolvimento de experimentos comportamentais para estudar as decisões de uso de recursos naturais por pequenos proprietários rurais. Ele tem um registro de publicação de resultados de tais estudos em revistas de alto impacto. Os principais objetivos desta visita de pesquisa serão desenvolver, testar e implementar um jogo experimental para entender como os pequenos agricultores na região da Mata Atlântica podem ser engajados como parceiros ativos na promoção do reflorestamento e manutenção da floresta. Após discussões iniciais sobre os tipos de incentivos a serem considerados, o Dr. Salk, o Prof. Brancalion e outros membros do projeto desenvolverão um jogo experimental para testar a eficácia relativa destes incentivos. Este jogo será testado com participantes com formação educacional semelhante aos efetivos participantes de campo para garantir a compreensão do jogo e a produção de resultados significativos. Os próximos passos serão treinar uma equipe para conduzir a pesquisa de campo e garantir que todos os procedimentos estejam funcionando sem problemas nos testes de campo iniciais. O Dr. Salk conduzirá todas essas atividades e a subsequente análise de dados, preparação do manuscrito e publicação dos resultados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)