Busca avançada
Ano de início
Entree

Precipitação como método de purificação de anticorpos monoclonais e policlonais: determinação de parâmetros termodinâmicos e de processo

Resumo

Os anticorpos são biomoléculas que se tornaram fundamentais em diversas áreas de estudo, como a clínica e a diagnóstica por conta de sua habilidade em reconhecer moléculas presentes em uma mistura complexa. Para a etapa de purificação dos anticorpos, destaca-se a precipitação, que é baseada no princípio de redução da solubilidade de um soluto em um solvente, influenciado pela adição de algum agente precipitante, culminando na formação do precipitado no meio em estudo. Desta forma, este projeto tem como finalidade estudar o uso da técnica de precipitação para purificar anticorpos monoclonais (mAbs) e policlonais (pAbs) anti-IgG e anti-IgM, respectivamente. Os experimentos serão conduzidos utilizando polietilenoglicol e ZnCl2 como agentes precipitantes para estes anticorpos, determinando-se suas curvas de solubilidade e as condições mais promissoras para precipitação em batelada, bem como a otimização da etapa de ressuspensão. Após a ressuspensão, busca-se um anticorpo com pureza igual ou superior a 90%, em solução com viscosidade entre 1 e 3 mPa s. Por fim, os parâmetros termodinâmicos, constante de ligação (Ka), a estequiometria da reação (n), e as variações de entalpia (delta H), da energia livre (delta G) e de entropia (delta S) serão determinados por calorimetria, bem como o segundo coeficiente virial (B22), que representa o grau de interações intermoleculares em soluções diluídas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)