Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito priming da terapia de fotobiomodulação no potencial osteogênico de células-tronco mesenquimais derivadas do tecido adiposo

Processo: 21/04874-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2022 - 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Emanuela Prado Ferraz
Beneficiário:Emanuela Prado Ferraz
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Marcia Martins Marques ; Márcio Mateus Beloti ; Praveen Arany
Assunto(s):Cirurgia bucomaxilofacial  Regeneração óssea  Osteoblastos  Células-tronco mesenquimais  Tecido adiposo 

Resumo

Estratégias para otimizar a regeneração de defeitos ósseos com o emprego de células-tronco mesenquimais (CTM) de diferentes origens vêm sendo investigadas. CTMs derivadas do tecido adiposo (CTM-TA) são uma alternativa interessante uma vez que são obtidas em maior quantidade por métodos menos traumáticos e onerosos, comparado às CTMs de outras origens. Contudo, às CTM-TA têm sido atribuído um menor potencial osteogênico, o que limita seu uso. Para potencializar a diferenciação celular, a fotobiomodulação (FBM) surge como uma terapia não invasiva e que tem sido relacionada à aceleração do processo de reparo. Nesse contexto, o objetivo do presente projeto é investigar a fotobiomodulação (FBM) como uma alternativa terapêutica para potencializar a diferenciação osteoblástica de CTM-TA para serem empregadas como terapia celular no reparo de defeitos ósseos. Para tanto, CTM-TA de ratos mantidas em meio de expansão ou osteogênico serão submetidas à FBM (660 nm; 0,14 J; 20 mW; 0,714 W/cm2 e 5 J/cm2). A diferenciação de CTM-TA tratadas com FBM ou cultivadas em meio condicionado por CTM-TA irradiadas será avaliada por expressão gênica e proteica de marcadores ósseos, pela atividade de ALP e pela produção de matriz mineralizada. O meio condicionado será caracterizado quanto a expressão de um painel de proteínas. Defeitos ósseos de calvárias de ratos serão implantados com CTM-TA tratadas com FBM ou meio condicionado por CTM-TA irradiadas, e o reparo avaliado por análises microtomográfica e histológica. Os dados serão comparados por testes estatísticos apropriados de acordo com a aderência à curva normal, com nível de significância de 5%. Os resultados desse estudo contribuirão para o entendimento dos mecanismos intracelulares desencadeados pela FBM e envolvidos com a diferenciação osteoblástica de CTM-TA, favorecendo o reparo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)