Busca avançada
Ano de início
Entree

Comportamento sexual e infecções sexualmente transmissíveis entre usuários da profilaxia pré-exposição ao HIV

Processo: 21/08247-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2022 - 31 de março de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Doenças Contagiosas
Pesquisador responsável:Renata Karina Reis
Beneficiário:Renata Karina Reis
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Benedito Antônio Lopes da Fonseca ; Bruno Spire ; Elucir Gir ; Laelson Rochelle Milanês Sousa ; Lis Aparecida de Souza Neves ; Nilo Martinez Fernandes ; Rodrigo de Carvalho Santana ; William Sorensen
Assunto(s):Infectologia  Profilaxia pós-exposição  HIV  Antirretrovirais  Doenças sexualmente transmissíveis  Comportamento sexual  Comportamentos de risco à saúde 

Resumo

A Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) é uma estratégia de prevenção sexual para o HIV destinada a pessoas soronegativas para o HIV. Consiste em um comprimido contendo fármacos de ação antirretroviral (ARV) com eficácia superior a 90% entre aqueles com altas taxas de adesão à medicação. Desde 2015, a PrEP tem sido mundialmente implementada como parte dos programas de prevenção ao HIV. Entretanto, à medida que aumentam as evidências para o sucesso dessa intervenção biomédica, surge a preocupação de que a mesma resulte no aumento da incidência de outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), como as causadas por Chlamydia trachomatis (CT), Neisseria gonorreae (NG), e Treponema pallidum (TP) como consequência do aumento de comportamentos de risco sexual por seus usuários, denominada como 'compensação de risco'. A presença de uma IST pode reduzir os benefícios potenciais das estratégias de prevenção baseadas em ARV, pois a presença de IST a chance de transmissão sexual do HIV. Portanto, este estudo tem como objetivo analisar o comportamento sexual, a autopercepção de risco e a incidência de IST e HIV, entre pessoas soronegativas ao HIV em uso da PrEP ao longo de três meses. Trata-se de um coorte prospectivo, com modelo de pesquisa pré e pós-testes, de método misto (quanti-qualitativo) explanatório que será realizado em um Serviço de Atendimento Especializado em Ribeirão Preto-SP. A amostra será constituída por pessoas soronegativas para o HIV em uso da PrEP. Os dados serão coletados mensalmente, por meio de entrevistas individuais, com um instrumento estruturado. Durante as entrevistas de pré e pós-testes (presenciais) serão coletadas amostras biológicas uretrais e anais para o rastreamento de Chlamydia Trachomatis (CT) e Neisseria Gonorrhoeae (NG) por meio da técnica de real time PCR com kits comerciais específicos para cada patógeno. O material biológico será analisado em parceria com o Laboratório de Virologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Para as outras IST será realizado teste rápido para identificação da sífilis e hepatite B e C via Sistema Único de Saúde. No intervalo de tempo das entrevistas de pré e pós-testes, utilizaremos a plataforma SurveyMonkey para a coleta de dados online sobre comportamento sexual, práticas de risco e estratégias preventivas. Para a coleta de dados da etapa qualitativa ocorrerá no dia do pós-teste. Serão realizadas entrevistas individuais em profundidade, guiadas por um roteiro semiestruturado com perguntas, abordando os seguintes aspectos: (1) comportamento sexual nos últimos 30 dias; conhecimento sobre a PrEP; (2) decisões iniciais para iniciar a PrEP e motivação para o uso; (3) conhecimento sobre as estratégias de prevenção para o HIV e outras IST; (4) Benefícios e riscos em utilizar a PrEP; (5) autopercepção de risco para o HIV e outras IST. Os dados serão analisados utilizando estatística descritiva para caracterização dos participantes. Outras análises incluem a Razão de Incidência (RI), Intervalo de Confiança, análise descritivas de medidas de posição e variabilidade. O estudo será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)